Terça-feira, 18 de Maio de 2021
Grupo prioritário

Manaus inicia vacinação contra Covid-19 em adultos de 18 a 59 anos que vivem com HIV

A vacinação começou nesta segunda- feira (19). O cadastro da vacinação deve ser realizado no site Imuniza Manaus



show_20200401210058131305a_60DDABAE-AE87-4FB2-8156-FBD1C150AA53.jpg Foto: Reprodução/Internet
20/04/2021 às 17:00

A vacinação contra a Covid-19 em adultos de 18 a 59 anos que convivem com o vírus HIV, começou nesta segunda- feira (19). O cadastro da vacinação deve ser realizado no site Imuniza Manaus, pelo link https://imuniza.manaus.am.gov.br. O plano de imunização municipal e nacional passou a incluir o vírus como uma comorbidade por meio de uma nota divulgada pelo Ministério da Saúde no dia 30 de março. 

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) orienta as pessoas que tomarão a primeira dose a consultar o Imuniza Manaus, para conferir o posto onde deverá ser vacinadas. Porém não impede que se dirijam ao posto mais próximo de suas residências. Além disso, é necessário apresentar um documento de identificação com foto e o resultado dos exames como comprovação ou o histórico de medicações do Serviço de Controle Logístico de Medicamentos, disponibilizados nas Unidades de Saúde (UBS), onde fazem tratamento. 



Antes da atualização, o Plano Nacional de Imunizações (PNI) considerava somente pessoas com HIV que apresentassem baixa contagem de linfócitos T-CD4+ fossem vacinadas. Essas células são o principal alvo do vírus HIV e o número de linfócitos diminui com a evolução. Segundo o Ministério de Saúde a inclusão tem como principal objetivo reduzir o impacto da pandemia nesse grupo, especialmente em relação ao risco de hospitalização e óbito. 

O Enfermeiro infectologista Eduardo Félix explica que anteriormente apenas as pessoas que vivem com HIV e que tivessem algum grau de deficiência imunológica seriam vacinadas, já que o Ministério da Saúde considerava que estas teriam maior risco de ter a forma grave da Covid-19. Segundo ele, decisão de ampliar a vacinação para todos que vivem com HIV foi uma grande conquista.

“Quando houve a inclusão universal de todas as pessoas que vivem com HIV, independente da condição imunológica, a notícia foi comemorada por todos nós profissionais que atuamos com Infectologia e com HIV, incluí-los como prioridade na vacinação é uma conquista e um direito muito importante no momento tão delicado em que estamos vivendo”, disse.

Calendário de vacinação, de 19 a 24 de abril:

Segunda-feira (19) – 54 a 52 anos 
Terça-feira (20) – 51 a 48 anos
Quarta-feira (21) – 47 a 44 anos 
Quinta-feira (22) – 43 a 41 anos 
Sexta-feira (23) – 40 a 37 anos 
Sábado (24) – 36 a 35 anos 

Confira os pontos de vacinação com funcionamento das 9h às 16h: 

Zona Norte

Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola (rua Gandu, 119, Cidade Nova)
Terminal de Integração 6 (avenida Comendador José Cruz, no bairro Lago Azul)

Zona Sul e Centro-Sul

Centro Cultural dos Povos da Amazônia (avenida Silves, 2.222- Crespo)
Universidade Paulista – Unip (avenida Mário Ypiranga Monteiro, 3.490, Parque 10 de Novembro)

Zona Leste

Clube do Trabalhador do Sesi/Am (avenida Cosme Ferreira, 7.399, São José)

Zona Oeste

Balneário do Sesc/Am (avenida Constantinopla, 288, conjunto Campos Elíseos, Planalto)
Centro de Convenções de Manaus/Sambódromo – (avenida Pedro Teixeira, 2.565, Dom Pedro, zona Oeste)

*A matéria foi atualizada às 19h05 do dia 20/04/2021 para correção de fala do enfermeiro infectologista Eduardo Félix. Originalmente, havíamos publicado fala de Eduardo dando a entender que todos os pacientes que vivem com HIV possuem baixa imunidade, o que não é verdadeiro. 

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.