Segunda-feira, 10 de Maio de 2021
Mais vacina

Ministério confirma compra de mais 54 milhões de doses da CoronaVac

Pasta tem contrato com Butantan para total de 100 milhões de doses



2020-10-06t123727z_1_lynxmpeg9516a_rtroptp_4_saude-coronavirus-chinaoms-vacinas_EDEB7186-D39C-42CA-BCA4-DCE89501F6F9.jpg Foto: Agência Brasil
30/01/2021 às 10:43

O Ministério da Saúde confirmou nesta sexta-feira (29) a opção de compra de mais 54 milhões de doses da vacina contra a covid-19 CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.https://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.png?id=1400070&o=nodehttps://agenciabrasil.ebc.com.br/ebc.gif?id=1400070&o=node

Em vídeo divulgado pela assessoria do ministério, o secretário executivo da pasta, Élcio Franco, comunicou o posicionamento e declarou que haverá esforços para agilizar o registro definitivo do imunizante.



“Estamos solicitando o cronograma à Fundação Butantan para podermos celebrar o contrato já na semana que vem. E também solicitando a antecipação do registro junto à Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] para iniciarmos a vacinação em massa da população brasileira”, disse.

No contrato entre o ministério e o Instituto Butantan, por meio de sua fundação, a pasta havia adquirido um lote inicial de 46 milhões, com possibilidade de compra das mais 54 milhões de doses, totalizando 100 milhões ainda neste ano.

O ministério teria até maio para comunicar a opção de compra, mas nos últimos dias, o Instituto Butantan oficiou o ministério solicitando que o posicionamento fosse dado logo de modo a permitir um melhor planejamento da fabricação de imunizantes pelo órgão.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.