Segunda-feira, 25 de Maio de 2020
COMBATE

MP pede que prefeitura fiscalize higiene em transportes coletivos

Aos mototaxistas, o Ministério Público do Amazonas recomendou a higienização, a cada corrida, dos capacetes utilizados tanto pelo condutor quanto pelo passageiro



90382091_2793402940776919_1059117288558428160_n_375EFD56-C5D6-41BA-80EB-5A3A3CC00EA3.jpg Foto: Sinetram
27/03/2020 às 10:44

O Ministério Público do Amazonas (MPAM), por meio do Gabinete de Enfrentamento de Crise (GAB-MPAM/COVID-19), expediu recomendação às empresas prestadoras de serviço de transporte coletivo que operam em Manaus, para colaborarem com medidas sanitárias que devem ser adotadas no combate ao avanço da covid-19 na capital.

De acordo com o MPAM, o órgão recomendou ao prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), que "fiscalize o adequado cumprimento da recomendação pelos órgãos e entidades competentes da Administração direta e Indireta da Capital, bem como pelos prestadores de serviço de transporte coletivo urbano e serviços de transporte individual por mototáxi".

Leia mais >>> Assembleia aprova estado de calamidade pública em Manaus

Aos empresários do transporte coletivo, de ônibus e micro-ônibus alternativos, o MPAM recomendou, entre outras medidas, que os veículos sejam lavados e higienizados, em seu interior e exterior, duas vezes por dia; que após cada viagem sejam limpos os assentos, janelas, balaústres e demais pontos de apoio dos passageiros e também que motoristas e cobradores lavem suas mãos com água e sabão ou as desinfetem com álcool em gel.

Os empregados das concessionárias deverão receber, continuamente, kits com álcool em gel ou produto similar indicado pelas autoridades de saúde.



Os terminais de integração por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), deverão passar diariamente, por higienização dos terminais de integração de passageiros, nos três turnos, nas áreas onde há o fluxo de passageiros, com atenção especial aos sanitários.

Também deverá haver a fiscalização ininterrupta para que se mantenha a distância entre passageiros recomendada pelas autoridades de Saúde durante o embarque e desembarque. Também deverá haver divulgação das medidas de prevenção ao covid-19 por cartazes e por sistema de alto falantes nos referidos destinado àqueles com deficiência ou limitação visual.

Aos mototaxistas, o MP recomendou a higienização, a cada corrida, dos capacetes utilizados tanto pelo condutor quanto pelo passageiro, inclusive com a utilização de toucas descartáveis, conforme determina a legislação, a lavagem da motocicleta pelo menos três vezes ao dia e aglomeração de condutores de mototáxis nos pontos.

*Com informações da assessoria

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Tudo sobre o Coronavírus



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.