Domingo, 23 de Janeiro de 2022
Nova vacina

OMS homologa uso emergencial da vacina anticovid Covaxin

É a primeira vacina desenvolvida e fabricada totalmente na Índia que recebe a autorização da organização da ONU



17772_7a0831545464bc6_D4F798E9-F692-4222-8780-8D5761AB4CA3.jpg Foto: AFP
News thumb afp d084093c bf21 4ede 853c 0cfb6068260d AFP
03/11/2021 às 10:10

A Organização Mundial da Saúde (OMS) homologou, nesta quarta-feira (3), o uso emergencial da vacina anticovid-19 Covaxin, do laboratório indiano Bharat Biotech.

Com 78% de eficácia, esta vacina é recomendada para todas as pessoas a partir dos 18 anos. São necessárias duas doses com quatro semanas de intervalo. O imunizante "se adapta especialmente aos países com escassos recursos, já que pode ser armazenada sem dificuldade", informa a OMS, em um comunicado.

É a primeira vacina desenvolvida e fabricada totalmente na Índia que recebe a autorização da organização da ONU.

Sendo assim, junta-se à Pizer/BioNTech, Moderna, AstraZeneca, Johnson&Johnson, Sinopharm e Sinovac na lista de vacinas contra a covid-19.

A homologação pela OMS facilita o reconhecimento internacional da vacina e, principalmene, permite que seja usada pelas agências da ONU e pelo sistema Covax, criado para facilitar o acesso à imunização contra a covid-19 nos países mais pobres.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.