Quarta-feira, 28 de Outubro de 2020
PROTOCOLOS

OPAS aponta importância da Atenção Básica no controle ao Covid-19

Entre as recomendações feitas ao município de Manaus, além de ampliar a cobertura de Atenção Básica, estão o reforço no monitoramento domiciliar



IMG_7857_F39DBE4E-B7D3-4B08-80C3-399F745F859A.jpg (Fotos: Divulgação)
20/09/2020 às 16:49

A cobertura de Atenção Básica de Saúde no município tem influência direta no sucesso das estratégias de combate à Covid-19. Onde há boa cobertura, os índices de mortalidade pela doença são menores. Foi uma das conclusões da Missão de Avaliação da Resposta do Amazonas ao Covid-19, realizada pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), entre segunda (14/09) e esta sexta-feira (18/09). 

Durante uma semana os observadores da OPAS avaliaram as estratégias de enfrentamento à Covid-19 do Estado e dos municípios de Manaus, Manacapuru, Presidente Figueiredo, Parintins, Itacoatiara e Careiro Castanho. O evento encerrou nesta sexta-feira com a avaliação que, segundo os observadores, servirá de parâmetro para as políticas de enfrentamento à doença em outros lugares.



Entre as principais recomendações para aprimorar o desempenho estão a melhoria das ações de atenção básica, tanto relacionadas à parte de vigilância, quanto da assistência. Ficou claro para os observadores que os municípios que têm uma boa cobertura na atenção primária, as taxas de letalidade por Covid-19 são menores.

“Isso reforça a diferença que a atenção primaria de saúde faz. Não só na rotina, mas também durante surtos de emergência como o que estamos tendo”, disse a coordenadora de Vigilância, Preparação e Resposta a Emergências e Desastres do escritório da OPAS e da Organização Mundial da Saúde (OMS) no Brasil, Maria Almiron.

Entre as recomendações feitas ao município de Manaus, além de ampliar a cobertura de Atenção Básica, estão o reforço no monitoramento domiciliar, tanto em relação ao rastreamento de contactantes dos doentes, quanto no acompanhamento de suspeitos atentando principalmente para a hipoxemia (baixo nível de oxigênio no sangue) silenciosa em grupos de risco. Segundo os observadores, não se pode esperar a pessoa ter falta de ar para procurar o serviço de saúde. 

Nos municípios onde o monitoramento é feito por equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF), os índices de mortalidade são bem menores. 

Pontos fortes – O telemonitoramento feito pelo município de Manaus foi um dos pontos elogiados pela missão, em relação à capital. Foram elogiadas a atuação das equipes de atenção básicas dos municípios de Presidente Figueiredo e Careiro Castanho, que possuem 100% de cobertura, o que refletiu diretamente na taxa de letalidade dos mesmos.

Quanto ao Estado, as ações de ampliação e estruturação da rede de assistência na capital e interior para o enfrentamento da Covid-19, a utilização do sistema de regulação de leitos e remoção de pacientes, bem como a ampliação dos serviços de remoção aérea, terrestre e fluvial de pacientes do interior para a capital, a atenção aos indígenas em hospitais, a disponibilização de equipamentos de gasometria, de respiradores e de monitores também foram destacados.

OPAS aponta importância da Atenção Básica nas ações de controle ao Covid-19

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.