Sábado, 05 de Dezembro de 2020
SEMANA SANTA

Oração por vítimas do coronavírus marca celebrações da Sexta-Feira da Paixão

Arcebispo de Manaus pediu que fiéis obedeçam às recomendações de prevenção das autoridades



WhatsApp_Image_2020-04-10_at_16.26.02_2E83BFC9-3EFB-4690-BB24-5AFD3C70CBD6.jpeg Foto: Euzivaldo Queiroz
10/04/2020 às 16:43

Uma oração por todos que estão sofrendo com a pandemia da Covid-19 no Amazonas, Brasil e Mundo foi a tônica durante as celebrações desta Sexta-Feira da Paixão em Manaus.

Na tradicional Oração Universal foi acrescentada a prece especial “pelos que padecem a pandemia do Covid-19”. Já a coleta para os Lugares Santos foi transferida para uma data a ser divulgada posteriormente.



“Hoje sairíamos pelas ruas da cidade com a Senhora das Dores. Quantas mães não choram? Hoje nos unimos às mães que nem sequer puderam enterrar seus filhos”, lembrou o arcebispo metropolitano dom Leonardo Ulrich Steiner, que co-ministrou a celebração da Paixão de Cristo e Via-Sacra, que foi transmitida pela TV, rádio e na rede social da Arquidiocese de Manaus, diretamente da Catedral Metropolitana de Nossa Senhora da Conceição.

O bispo – ressaltando a esperança pela criação de uma vacina para a cura do Novo Coronavírus - reforçou, aos fieis católicos, que cumpram  uma das principais orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS): o confinamento em suas residências.

“Peço à população que respeite as medidas de prevenção contra o coronavírus e que aqueles que podem, fiquem em casa”, recomendou o representante do papa Francisco.

No último dia 19 de março a Arquidiocese publicou normas e orientações pastorais direcionadas à comunidades católica como prevenção contra o coronavirus, seguindo as orientações e deliberações das autoridades competentes.

“Nesta Semana Santa vamos permanecer em nossas casas sustentados pelo espírito de comunhão e oração. Participaremos das celebrações transmitidas pelos meios de comunicação e vamos continuar com a leitura orante da Bíblia, com a recitação do rosário de Nossa Senhora e a oração da Via Sacra. Lembramos aos presbíteros que na Semana Santa torna-se ainda mais importante a transmissão das celebrações por redes sociais ou outros meios. O atendimento das confissões e a assistência aos enfermos necessitam ser organizados de tal modo a preservar a saúde do sacerdote e dos fiéis”, comunicou dom Leonardo.

Fiéis

Moradora do Centro da cidade, a  funcionária pública Andréa Barker, 43, foi uma das milhares de fiéis católicas que acompanhou pela TV, e on line, as celebrações desta Sexta da Paixão.  

“Mesmo estando presentes na Igreja nós nos sentimos em comunhão e oração e acompanhando todos os rituais em família e em unidade”, disse ela, que atua na área da Saúde e que, neste período da Semana Santa, conta organizar “lives de orações sempre a partir de 20h”. 

Participante da Paróquia do Sagrado Coração de Jesus, Barker comentou ter “saudade de estar no templo” e perceber a tristeza da “igreja vazia e com celebradores também sozinhos”. 

 A funcionária pública destacou a importância das orações  em prol das “pessoas que estão com o Coronavírus, com apelo para elas".

Programação

Amanhã (11), acontece também na Catedral a celebração do Sábado Santo – Missa da Vigília Pascal às18h; no domingo será realizada a Missa da Páscoa a partir de 7h30.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.