Segunda-feira, 30 de Novembro de 2020
SAÚDE

Pais de médico que morreu vítima de covid-19 mantém isolamento

“Nós estamos em casa, com tranquilidade e em isolamento padrão", explicou João de Matos Suzano, pai do médico Vinícius José Goulart Suzano, que morreu na sexta-feira por complicações da doença



show_120781869_1254486004903092_3551327346667189420_n_1A3F430F-A8F2-4A4B-AB64-BBF14D7922A5.jpg
04/10/2020 às 17:44

Os pais do médico urologista Vinícius José Goulart Suzano, 44, falecido na última sexta-feira em decorrência da Covid-19, estão em casa e permanecem em isolamento social por conta da pandemia do novo coronavírus.

Ontem, o A Crítica publicou a informação de que a mãe e o pai do médico estariam internados devido à doença após correntes divulgadas nas redes sociais com pedidos de orações pela saúde do casal. No entanto, os dois estão saudáveis e seguem atendendo os protocolos de restrição como o isolamento social. No sábado, o casal deu o último adeus ao filho, em velório.

“Nós estamos em casa, com tranquilidade e em isolamento padrão. Em nenhum momento nós fomos hospitalizados, nós estamos sim como todas as pessoas, estamos nos precavendo. Inclusive, ontem, no enterro do meu filho, nós não chegamos perto do caixão, não tinha como”, comentou o pai dele, o militar da Aeronáutica, João de Matos Suzano.



Após ratificar o estado de saúde, João Suzano fez questão de relembrar a passagem do filho, que partiu prematuramente após complicações da Covid-19. “Ele se preocupava sempre com quem tinha menos tanto é que as clínicas dele atendem fundamentalmente pessoas de baixa renda. Foi trabalhando, servido a Deus e a sociedade que ele partiu e agora, nós temos muita certeza de que ele está em um bom lugar. Aqui nós vamos seguir o nosso caminho até onde Deus também quiser que a gente chegue”.

Conforme relatos obtidos pela reportagem, o médico sofria de obesidade e tinha feito uma cirurgia cardíaca há poucos meses. Vinícius José Goulart Suzano estava internado no Hospital Santa Júlia, zona Centro-Sul de Manaus.

O médico era formado pela Universidade do Estado do Amazonas (Ufam), tinha a especialidade em Urologia e atendia em diversos hospitais da capital. Essa é a segunda morte de um médico por covid-19 em menos de 15 dias no Amazonas. No dia 22 de setembro, Manaus perdeu o ortopedista Eduardo Lass também vítima da doença.

News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.