Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020
CENÁRIO

Pandemia causou 'crise de saúde mental' inédita, diz Opas

"A pandemia de COVID-19 provocou uma crise de saúde mental em nossa região em uma escala que nunca vimos antes", disse a diretora da Opas, Carissa Etienne



show_7e0fb868b18fbda48fd5f292c42f0eb08c8f71b4_68B454FB-53A3-4C76-A97B-85C96040D877.jpg Foto: Reprodução/Internet
News thumb afp d084093c bf21 4ede 853c 0cfb6068260d AFP
18/08/2020 às 21:35

Depressão, ansiedade, estresse: a pandemia de COVID-19 causou uma "crise de saúde mental" sem precedentes em todo o continente americano, e gerou um "aumento da violência doméstica", alertou a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), nesta terça-feira (18).

Desde meados de março, quando o novo coronavírus surgiu na região, muitos têm medo de se contagiar, sentem a dor da perda de entes queridos, incertezas sobre o futuro, aborrecimento pelas notícias e a desinformação, solidão pelo isolamento e o distanciamento social. 



Porém, em um continente onde as doenças mentais já eram uma "epidemia silenciosa", algumas pessoas se viram especialmente afetadas. 

"A pandemia de COVID-19 provocou uma crise de saúde mental em nossa região em uma escala que nunca vimos antes", disse a diretora da Opas, Carissa Etienne. 

De acordo com as pesquisas, em Estados Unidos, Brasil e México, os três países americanos mais afetados pelo coronavírus, aproximadamente metade dos adultos estão estressados devido à pandemia. 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.