Sábado, 06 de Junho de 2020
POLÍTICA

Sinésio Campos propõe que deputados destinem emendas ao combate à Covid-19

A proposta de Sinésio é que, de forma conjunta, os 24 deputados façam a aplicação de parte do valor das emendas impositivas até chegar ao total de R$ 33 milhões, para investimentos em ações contra a pandemia



show_PHOTO-2020-02-18-11-31-07_F7B3617D-995F-4D12-A274-860964DFBFEC.jpg Foto: Arquivo/A Crítica
24/03/2020 às 15:45

O deputado estadual Sinésio Campos (PT), sugeriu que parte do valor das emendas impositivas, direcionadas à Saúde, fosse destinado exclusivamente ao combate do novo coronavírus (Covid-19). A proposta de Sinésio é que, de forma conjunta, os 24 deputados façam a aplicação da verba até chegar ao total de R$ 33 milhões, para investimentos em ações contra a pandemia.

A declaração foi dada durante a primeira sessão virtual da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), na manhã desta terça-feira (24). De acordo com o deputado Sinésio Campos, a Constituição Estadual prevê que os parlamentares não podem destinar integralmente os valores das emendas somente para a Saúde, pois 25% da verba são para a Educação.



“Creio que é uma ação muito mais ampla, que todos os 24 deputados estaduais encaminhando somente as suas emendas destinadas à saúde para a aplicação do combate ao coronavírus é uma contribuição efetiva do poder legislativo”, disse o parlamentar.

O deputado estadual Josué Neto (sem partido), que é presidente da ALE-AM, afirmou que é favorável à medida do parlamentar e que o requerimento vai ser votado na quarta-feira (25), junto aos demais projetos de leis estaduais. Josué Neto acrescentou que destinou R$ 7 milhões para o governo do Estado utilizar no atendimento aos infectados com Covid-19.

“O valor foi destinado, seguindo três orientações. Para aumentar o número de testes no Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Que sejam comprados os Equipamentos de Proteção Individual (EPI). E, ainda, a aquisição ou aluguel dos respiradores mecânicos”, explicou o parlamentar.

O deputado estadual João Luís (PRB) apresentou o projeto de lei nº 109/2020, que prevê a suspensão de cortes de serviços essenciais, por falta de pagamento, no período do Plano de Contingência da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) relacionado ao Covid-19. Os parlamentares solicitaram, ainda, que a matéria fosse votada em regime de urgência.

“Com isso, estamos protegendo o consumidor amazonense mais carente e que mais necessita de apoio neste momento. Estamos cumprindo o nosso papel como parlamentar, que é criar ferramentas e mecanismos para evitar maiores prejuízos à população, mediante a essa situação excepcional”, ressaltou João Luiz.

A deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) sugeriu que a  Arena Amadeu Teixeira, situada na Zona Oeste de Manaus, seja usada como abrigo para moradores em situação de rua. Para a vice-presidente da Assembleia, é necessário que as medidas de prevenção do governo atinjam todas as parcelas da população, pois do contrário o Coronavírus (Covid-19) pode se propagar ainda mais no estado, causando prejuízos sociais e econômicos.

“Vou apresentar um requerimento para que a Arena Amadeu Teixeira inicialmente, e se for necessária alguma outra área ,seja usada para abrigar moradores de rua. As pessoas em situação de rua tomam banho e lavam as mãos muitas vezes só quando chove”, concluiu Alessandra.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.