Publicidade
Cotidiano
Fórum de Bicicletas

5º Fórum de Bicicletas Manaus discute infraestrutura e a educação no trânsito

Promovido pelo movimento Pedala Manaus, desta vez o Fórum, realizado nos dias 24, 25 e 26 de agosto, terá a participação do ex-secretário de obras públicas de Bogotá – Colômbia, Jaime Ortiz. 20/08/2016 às 10:20
Show dasdsadfsa
Participantes das terceira edição do Fórum, ocorrido em 2014. (Arquivo/AC)
Isabelle Valois Manaus (AM)

Temas como redução de velocidade, aumento da infraestrutura cicloviária da cidade, além de campanhas educativas voltadas para motoristas e motociclistas são alguns dos pontos que devem ser discutidos no 5º Fórum de Bicicletas Manaus, que será realizado na próxima semana nos dias 24, 25 e 26 de agosto.

Promovido pelo movimento Pedala Manaus, desta vez o Fórum terá desta a vez a participação do ex-secretário de obras públicas de Bogotá – Colômbia, Jaime Ortiz, e irá partilhar experiência com a implantação das ciclovias na Colômbia ainda na década de 1970. Outros cicloativistas que lutam pela mobilidade urbana em demais cidades do Brasil também foram convidados para esta edição.

Este ano, o Fórum ocorrerá no ambiente acadêmico e em espaço público. Serão três dias de atividades para aproveitar ao máximo todo o conteúdo e bagagem de informação que os convidados trarão. A necessidade da inclusão de políticas de ciclomobilidade para o desenvolvimento urbano será a principal temática desta edição.

Por ser um momento de eleições, o movimento abrirá um espaço para os nove candidatos a prefeitura para participarem do fórum. No último dia do evento, eles devem participar de um painel político onde terão a liberdade de apresentar as propostas sobre a bicicleta na cidade. “Não é que eles vão discutir entre eles, cada um vai ter de 5 à 10 minutos para cada candidato falar um pouco sobre o que ele pensa sobre mobilidade, qual a proposta para os próximos quatro anos”, explicou um dos coordenadores do Pedala Manaus, Paulo Aguiar.

Dos nove candidatos convidados, até ontem, seis confirmaram presença. Nesse debate, o Pedala Manaus irá apresentar uma carta proposta para cada candidato. “Acredito que dessa vez a cobrança vai ser muito maior”, disse Aguiar.

O coordenador afirma que apesar de ter uma pressão da sociedade civil organizada, e ter vários exemplos no mundo e agora no Brasil, como São Paulo, Belo Horizonte, Sorocaba, Fortaleza, Belém e demais cidades, pouco se discute sobre mobilidade em Manaus. “A gente vê muita promessa e pouca ação, o poder público não dar a atenção necessária para o tema, não dar a importância para um assunto que é mundial e está comprovado que resolvi sim boa parte dos problemas de mobilidade urbana das cidades”, comentou.

Diferente das demais cidades tudo que é feito destinado a bicicleta, a sociedade civil que tem a responsabilidade de colocar os projetos a frente. Nenhuma atividade é idealizada pelo poder público. 

Discutindo alternativa sustentável

Desde 2012, o movimento Pedala Manaus  vem realizando o Fórum de Bicicletas Manaus, discutindo a ‘bicicleta’ como uma alternativa complementar eficiente, além de sustentável, não poluente, econômica, que ocupa pouco espaço, humaniza a cidade e traz benefícios à qualidade de vida dos usuários, com influência positiva sobre a saúde física e mental, economia familiar, meio ambiente, integração social e mobilidade urbana.

 “A Necessidade de Políticas Públicas de Ciclomobilidade para o Desenvolvimento Urbano” será o tema principal desta 5ª edição do Fórum de Bicicletas. Para aproveitar o momento de eleições municipais do país o fórum trará questão preponderante para melhorar as condições de quem usa a bicicleta.

Serviço

O quê: Fórum de Bicicletas 

Onde: Faculdade Maurício de Nassau, 18h

Quando: dias 24 à 26

Informação: (92)98261-8504

Publicidade
Publicidade