Sábado, 20 de Julho de 2019
Notícias

A grande família: mudança histórica na líder de vendas

Linha CG chega a sua 8ª geração cheia de novidades e promete aquecer o mercado



1.jpg O modelo CG 125 2014 devolve uma economia de 7% no consumo médio de combustível em relação ao modelo 2013
03/08/2013 às 08:37

Campinas (SP) - Quando deu início as suas atividades no Polo Industrial de Manaus, com a fabricação e lançamento do modelo CG 125, primeira motocicleta made in Brasil, a Honda não imaginava que sua criação fosse alcançar o patamar de veículo motorizado mais vendido do País dali a alguns anos. Já são mais de 10 milhões de unidades comercializadas. Números que deixam para trás carros campeões de vendas como Gol e Fusca.

Lançado em 1976, o modelo viu a família crescer com a chegada da CG 150 e passou por inúmeras mudanças e adaptações, mas nada comparado com as apresentadas esta semana. Com a chegada da 8ª geração às concessionárias, a Honda espera aquecer o mercado que andou bem morno nos últimos tempos. Para isso, aposta em inovações tecnólogicas, como a construção de um design mais agressivo e um novo chassi quase 4kg mais leve que o anterior.

“Nós, independente das dificuldades econômicas, sempre acreditamos no potencial do mercado e nunca deixamos de investir. Está aqui a prova! Conseguimos agregar neste modelo tudo que o consumidor necessitava, mais condições comerciais. Não tenho dúvida que vamos ter um desempenho muito melhor agora no segundo semestre”, aposta Paulo Takeuchi, diretor de relações institucionais da Moto Honda.

A previsão do gerente comercial Alexandre Cury, é de um crescimento de 10% no volume de vendas em relação ao primeiro semestre do ano. A linha CG 150 2014 estará na rede de concessionárias a partir da segunda quinzena de agosto. Já a CG 125 Fan, começará a ser comercializada na segunda quinzena do mês de setembro.

Aposta

Honda apostou mesmo alto na nova família CG. Foi criado, no começo do ano, até mesmo um setor especial dentro da fábrica da montadora no Distrito Industrial de Manaus, totalmente automatizado, para desenvolver o novo modelo.

O novo chassi deu mais rigidez, resistência e leveza ao modelo, o que resultou em melhoria no consumo e na dirigibilidade. Os modelos CG 125 Fan (versões KS / ES / ESD), CG 150 Fan (versão ESDi) e CG 150 Titan (versões ESD / EX) também estão com novo design no tanque de combustível, conjunto óptico, rabeta e assento.

Destaque também para o novo painel de instrumentos, integrado à carenagem, totalmente digital, com aferição eletrônica de velocidade, a partir de sensor instalado no câmbio. As versões 125 Fan (ES e ESD), CG 150 Fan ESDi e CG 150 Titan agora trazem inéditas carenagens incorporadas ao tanque de combustível, que acentuam a esportividade e remetem aos modelos de maior porte. Todos os modelos estão equipados com a nova lanterna traseira com visual inspirado em motocicletas de alta cilindrada da marca.

Preço das máquinas

Nas cores preto, vermelho e amarelo, a CG 125 Fan tem preço público sugerido de R$ 5.490,00 (KS), R$ 6.100,00 (ES) e R$ 6.250,00 (ESD). Já o modelo CG 150 Fan, disponível nas cores preto, vermelho e azul, será comercializado por R$ 6.750,00 (ESDi). Nas cores vermelho, preto e branco, a CG 150 Titan chega ao mercado por R$ 7.320,00 (ESD) e R$ 7.830,00 (EX).

Primeira da história

A família começa em 1976 quando chega ao mercado a CG 125. O modelo contava com motor de 125 cm³, de grande desempenho.

Destaque

O próximo grande evento da Moto Honda será a inauguração, prevista para o próximo mês de outubro, do Centro Educacional de Trânsito Honda (CETH), em Manaus (AM). Atualmente, esses centros existem apenas nas cidades de Indaiatuba (SP) e Recife (PE).

De olho no público-alvo

Segundo Alexandre Cury, o objetivo é agradar aquele consumidor que vai adquirir sua primeira motocicleta e aquele que necessita da mesma para realizar suas atividades diárias, como motoboys, mototaxistas e entregadores. Um exemplo dessa preocupação é o novo assento, com espuma de densidade mais macia.

Outro item de destaque é a utilização do freio a disco, já disponível na CG 125 Fan ESD. O sistema conta ainda com dispositivo de acionamento progressivo, tornando as frenagens mais suaves e seguras, o que significa mais segurança.

Outra observação dos diretores da Honda é quanto ao custo. Apesar das mudanças, o preço do veículo continua competitivo. O modelo CG 150 Fan ESDi, por exemplo, teve o valor reduzido de R$ 6.820 para R$ 6.750. Uma economia de R$ 70.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.