Domingo, 23 de Janeiro de 2022
Gasto desnecessário

'A população não merece ter esse gasto', diz Rodrigo Guedes sobre aluguel de picapes

Vereador renunciou picape a ser disponibilizada aos vereadores de Manaus por meio da  Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar



1406-rodrigo-guedes_26615326-96BF-4629-9729-8F611B6E4FD2.jpeg Foto: Reprodução/Internet
15/09/2021 às 14:05

Por considerar um gasto desnecessário, promovido pela Câmara Municipal de Manaus, o vereador Rodrigo Guedes( PSC) renuncia picape a ser disponibilizada aos vereadores de Manaus por meio da  Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP) e um aluguel no valor de R$ 18 mil. 

“Deixei claro que sou contra o aluguel dessas picapes e renunciei, já fiz o documento para a presidência da Câmara Municipal de Manaus dizendo que nem eu e nem ninguém do meu Gabiente usará essa picape”, disse o vereador. 



Rodrigo Guedes considera o valor mensal do aluguel do veículo muito substancial. “São R$ 8 mil por mês. A gente não precisa. Temos outras possibilidades de trabalho. O custo mensal vezes 41 é altíssimo e o custo anual é maior ainda”, disse. 

O vereador salientou que, nesse momento a única coisa que a população não  precisa pagar é mais essa estrutura. “Não diminuo o trabalho dos vereadores, cada um foi eleito, mas nesse momento é desnecessário. O dinheiro público precisa ser melhor investido e eu considero que essa não é a forma  justa de gasto do dinheiro que é do povo, da população”, disse Rodrigo Guedes. 

Aluguel 

O aluguel de R$ 18 mil saírá da Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP). A estimativa apresentada pela CMM, no edital do Pregão Presencial nº 013/2021, prevê a locação de 41 veículos do modelo Picape (Pick-UP), movido a combustível renovável ou tecnologia “flex”, com motor de 2.4. 

Por ano a estimativa de gastos é de R$ 99.734,40.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.