Domingo, 15 de Setembro de 2019
CONSULTAS

Acesso ao Portal da Transparência do Amazonas aumenta 20% em um ano

No último ano, o site teve 364,8 mil consultas. Desse total, o Brasil foi responsável por 359,6 mil sessões; os Estados Unidos (EUA) realizaram 2.779 consultas; e a França 366. Os assuntos mais pesquisados são: remuneração de servidores, licitações e contratos



transpar_ncia_6028767B-97CC-4A38-B6FA-1E05A5AB2CCB.JPG Foto: Divulgação
29/01/2019 às 15:28

O Portal da Transparência do Estado do Amazonas registrou crescimento de 20% no volume de acessos e consultas às informações públicas, em 2018, em relação ao ano anterior. Quando comparado a 2016, ano da implantação do site no Amazonas, o aumento nas pesquisas foi de mais de 160%, conforme o Google Analytics. No último ano, o portal, administrado pela Controladoria-Geral do Estado (CGE), contabilizou aproximadamente 365 mil sessões.

A ferramenta de monitoramento eletrônico também mostra que além de outros estados do Brasil, o portal recebe acessos internacionais em volumes crescentes. No último ano, o site teve 364,8 mil consultas. Desse total, o Brasil foi responsável por 359,6 mil sessões; os Estados Unidos (EUA) realizaram 2.779 consultas; e a França 366 buscas às informações sobre o Amazonas. O aumento no volume de consultas é expressivo quando comparado a 2017, período em que o Brasil registrou 20 mil pesquisas; os EUA contabilizaram um mil acessos e a França apenas nove sessões.

Os assuntos mais pesquisados são: remuneração de servidores, licitações e contratos.

Para o controlador-geral do Estado, Alessandro Moreira, o aumento nos acessos ao portal demonstram a efetividade da disponibilidade das informações do Estado ao cidadão. “A determinação do governador Wilson Lima é dar maior transparência a todas as ações do Estado e o Portal da Transparência é o canal pelo qual o cidadão pode obter todas as informações desejadas em menor tempo de pesquisa”, explicou.

Adequações e melhorias

Entre os projetos de maior acessibilidade ao portal, o Governo do Estado, por meio da CGE, investiu em adequações e melhorias como o acesso à ferramenta de acessibilidade, por meio de sistema de conversão de texto em áudio, e ainda, a disponibilização para consulta de informações sobre as obras públicas e as ações desenvolvidas em todo o estado.

A acessibilidade é viabilizada pela conversão de texto em voz por meio do serviço denominado ReadSpeaker. Na prática, o visitante da página deverá selecionar as áreas onde houver texto e clicar no link “Ouvir”, momento em que a pessoa com deficiência (PCD) obterá, em áudio, as informações solicitadas.

Outras duas implantações foram às integrações do “Mapa de obras públicas” e do link “Programas e ações” de todo o Amazonas.

As informações do mapa de obras foram disponibilizadas pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), por meio do Sistema Integrado de Controle e Gestão de Obras Públicas (Sicop). Através do mapa o cidadão consulta informações detalhadas sobre qualquer obra existente no Amazonas, como por exemplo: valor do contrato, convênio e período de vigência, setor beneficiado, entre outros.

Da mesma forma, no link ‘Programas e ações’ o visitante da página consegue monitorar todos os processos sistemáticos das metas físicas, financeiras, além de indicadores de programas de todas as secretarias do Estado. Na página também é possível acessar o Plano Plurianual (PPA), consultar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA). Os dados foram viabilizados pela Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti).

A melhoria demandou investimento de R$ 71,9 mil, orçamento disponibilizado pela CGE para desenvolvimento em aplicações. Os trabalhos foram executados no total de 300 horas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.