Publicidade
Cotidiano
À MODA ANTIGA

Acidente em Apuí faz com que votação seja manual para 389 eleitores

Veículo que levava urnas para local de votação capotou e eleitores depositaram as celas em urnas de lona. Transmissão dos dados será informatizada, diz TRE 28/10/2018 às 16:20 - Atualizado em 28/10/2018 às 16:32
Show whatsapp image 2018 10 28 at 15.41.53 844aca28 9aaf 4d82 b908 1017d70674bc
Silane Souza Manaus

Em Apuí, a 1097 quilômetros de Manaus,  uma seção na escola Vilma Lemos está tendo uma votação à moda antiga. Isso porque os  389 eleitores da seção 26, zona 67, estão fazendo votação por cédulas e depositando em urnas de lona.

Esta é a única ocorrência do tipo em todo o Estado. O motivo foi um acidente com um veículo que estava à disposição da justiça eleitoral e transportava urnas eletrônicas que seriam usadas naquela seção.  O capotamento aconteceu por volta de 7h. No veículo estavam cincopessoas, sendo dois policiais militares, dois mesários e uma servidora do cartório de Apuí e que estava à disposição da Justiça Eleitoral.   Ninguém ficou ferido.

Para que não fosse atrasada a votação, o chefe do cartório do município optou por começar a votação com urna de lona.  De acordo com o diretor de TI do TRE, Rodrigo Camilo, todas as seções eleitorais recebem, por precaução, uma urna de lona devidaente lacrada. Os votos serão apurados pelo sistema na sede do município de Apuí. 

Segundo Camelo, o procedimento tem a mesma segurança do que é feito com as urnas eletrônicas. "Essa urna de lona também foi lacrada na mesma cerimônia que a urna eletrônica foi preparada. Então ela também tinha o lacre das autoridades competentes da justiça eleitoral e de quem mais estava presente, assegurando que ela tinha zero votos", destacou ele, acrescentando que os votos são computados pelo sistema das urnas eletrônicas.

" Existe um sistema de apuração que, conforme as cédulas vão sendo lidas e ditas quais são os votos, quem fica registrando esses votos é uma urna eletrônica que, ao final, gera um boletim de urna também informatizado. O resultado é  gravado em uma memória e é recebido nos nossos computadores e transmitido para a totalização", esclareceu.

Balanço

De acordo com Rodrigo Camelo, foram 33 ocorrências registradas com urnas durante o processo eleitoral no Amazonas, sendo 19 substituição de urnas. Destas, 13 em Manaus e seis no interior - Rio Preto da Eva, Uarini, Parintins e Coari.

Publicidade
Publicidade