Publicidade
Cotidiano
Cotidiano, Acidente, Corpo de Bombeiro, PRF, BR-174

Acidente na BR 174 mata três pessoas e uma fica ferida

Um acidente entre um caminhão cegonha e um carro-tanque que trazia combustível deixou três pessoas mortas e uma gravemente ferida no km 46 da BR 174 (Manaus-Boa Vista). O acidente aconteceu na tarde desta quinta feira (14) 14/03/2013 às 19:41
Show 1
Sinais de fogo por todo o caminhão que colidiu com a carreta
Camila Pereira Manaus

Um acidente entre um caminhão cegonha e um carro-tanque, que carregava combustível, deixou três pessoas mortas e uma gravemente ferida no km 46 da BR 174 (Manaus-Boa Vista). O acidente aconteceu na tarde desta quinta feira (14) e provocou congestionamento da rodovia.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão cegonha trafegava pela pista no sentido de Presidente Figueiredo (a 117 quilômetros ao norte de Manaus), quando o caminhão de carga invadiu a pista contraria e os dois colidiram.


O motorista do caminhão cegonha, cujo nome ainda não foi identificado, conseguiu se jogar do veículo e sobreviveu. Ele ficou ferido e foi socorrido pelo SAMU e encaminhado ao Hospital João Lúcio.

O outro motorista, do carro-tanque, não sobreviveu. No acidente, houve várias explosões e o carro-tanque ficou totalmente carbonizado.

Testemunhas contam que as chamas tomaram conta rapidamente dos veículos após o acidente. “Percebemos que o cegonha tentou desviar para que batesse somente na traseira, mas foi em vão. Logo o fogo tomou conta. Uma moça que vinha no carro cegonha foi cuspida do veículo e não resistiu”, contou a dona de casa Jeli Lima.

Duas mulheres vinham como carona no cegonha, uma delas ficou presa nas ferragens.  "Elas eram da comunidade de Abonari (km 201). Eram mãe e filha. A mãe trabalhava como cozinheira em um restaurante da estrada. Eu mesmo tentei ajudar, socorrer, mas jaá era tarde. Foi uma fatalidade", disse o aposentado Adir Ribeiro, que só soube identificar as mulheres como Maria e Michele.


"Acidentes assim demonstram a falta de estrutura da BR. O socorro demorou, porque se trata de um lugar mais distante", declarou a funcionária pública Eslandia Lima.

Por volta das 18h, o Corpo de Bombeiros fazia o trabalho de rescaldo. Seis carros que vinham no caminhão cegonha cairam e foram danificados. "Vamos continuar o trabalho durante toda a noite, um guincho ainda precisa chegar para puxar as carretas para fora da pista", declarou o investigador da Polícia Rodoviária Federal, Samuel Matos.

Publicidade
Publicidade