Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020
DEFESA VEGETAL

Adaf conclui treinamento de novos fiscais que atuarão em Manaus e no interior

Com a finalização dessa etapa, os servidores estão aptos para entrar em exercício e fortalecer as atividades voltadas para a sanidade animal e vegetal



Tizziana_Barbosa_Sepror__2___1__4D46AB96-9C08-4295-B3D0-1E27DE0ED8F0.jpeg Foto: Tizziana Barbosa/Sepror
15/07/2020 às 16:36

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) encerrou, nesta quarta-feira (15/07), o treinamento de nivelamento dos novos servidores estatutários. Durante dois dias, a turma de recém-empossados recebeu orientações sobre o funcionamento e programas da agência, da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) e do Instituto de Desenvolvimento Agropecuária e Florestal e Sustentável (Idam).

Por conta dos protocolos adotados para prevenção da Covid-19, os 134 aprovados já convocados para fortalecer o setor primário, foram distribuídos em três turmas tanto para a posse quanto para o treinamento.



Com a finalização dessa etapa, os servidores estão aptos para entrar em exercício e fortalecer as atividades voltadas para a sanidade animal e vegetal, na capital e no interior.

Para o diretor-presidente da Adaf, Alexandre Araújo, a entrada dos novos concursados é um momento histórico para a agência e para o setor primário no Amazonas.

“Essas turmas vão atuar e fortalecer o trabalho nas nossas unidades locais de sanidade animal e vegetal, na execução das ações de defesa animal, defesa vegetal, inspeção de produtos de origem animal, cadastro de revendas e fiscalização de agrotóxicos, que são os quatro pilares técnicos dos nossos servidores nas unidades locais dos municípios, onde a Adaf tem atuação”, observou.

Com o reforço de pessoal, seis municípios (Anamã, Borba, Itamarati, Japurá, Jutaí e São Paulo de Olivença) passam a contar com os serviços da agência, que agora atende presencialmente 51 cidades.

“Essa ampliação vai dar mais oportunidade à sociedade, aos produtores rurais de terem acesso aos serviços oferecidos pela Adaf”, completou Alexandre.

O secretário estadual de Produção Rural, Petrucio Magalhães Júnior, ministrou uma palestra para os novos servidores e destacou pontos como o Plano Safra, o Produzir Amazonas e outros programas do Governo do Estado voltados ao setor primário.

“A partir de agora, esses profissionais estão aptos para irem a campo e exercerem na sua plenitude a sua missão, prestando relevantes serviços públicos para o cidadão, para o produtor rural”, afirmou.

A fiscal agropecuária e médica veterinária Eloísa Soares Maciel avaliou que o treinamento foi uma oportunidade não apenas de se familiarizar com as atividades da Adaf e do Sistema Sepror, mas com a realidade do próprio estado.

“Vim do Tocantins, não conhecia o Amazonas, e esse momento foi muito útil para conhecer a agência, que achei muito bem organizada, e também para ter uma noção do setor primário no estado”, disse.

*Com informações da Assessoria de Imprensa

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.