Publicidade
Cotidiano
Notícias

Ademir Stroski assumirá Secretaria Estadual de Meio Ambiente, anuncia José Melo

A informação foi dada pelo governador em coletiva de imprensa na manhã desta quinta-feira (19). Stroski é titlular do Ipaam e em seu lugar assume Ana Aleixo 19/03/2015 às 16:26
Show 1
Antonio Ademir Stroski é funcionário de carreira do Estado
acritica.com Manaus (AM)

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) terão novo comando. As mudanças, que fazem parte da reformulação administrativa no Executivo Estadual, foram anunciadas pelo governador José Melo, nesta quinta-feira, 19 de março. O atual presidente do Ipaam, Antônio Stroski, assume como secretário estadual de Meio Ambiente. Em seu lugar, assume Ana Aleixo, procuradora autárquica do Estado. A informação é da Agência de Comunicação do Amazonas (Agecom).

Funcionário de carreira do Estado, Antônio Stroski é agrônomo com ampla especialização na área ambiental, possuindo mestrado em Ciências do Ambiente pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) com enfoque no tratamento de resíduos sólidos. Stroski estava na presidência do Ipaam desde 2011.

A nova presidente do Ipaam, Ana Aleixo, também é funcionária de carreira. É procuradora autárquica do Estado há mais de três décadas. Advogada especialista na área ambiental e mestre em Meio Ambiente e Sustentabilidade pela Ufam, exercia a função de procuradora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), cargo que já exerceu no Ipaam entre 2001 e 2003. Aleixo exerceu o cargo de secretária adjunta de Recursos Hídricos e presidente do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem).

Os novos nomes foram anunciados por José Melo em entrevista coletiva a jornalistas durante a solenidade de entrega de equipamentos para reforçar a segurança e o combate ao tráfico de drogas em nove municípios da região de fronteira do Estado, que ocorreu na manhã desta quinta-feira no Porto do São Raimundo, zona oeste de Manaus. O governador defendeu as mudanças promovidas na área ambiental, que também envolvem a reestruturação da secretaria. Ele afirmou que as mudanças estão incluídas em um novo conceito de governo e são necessárias em virtude da situação econômica do país.

“Eu tive que ajustar o Estado para não ultrapassar o limite da Lei de Responsabilidade, e pagar a folha. Nos dois primeiros meses desse ano tivemos receita negativa com relação ao mesmo período do ano passado. Os números não são animadores. É meu dever como governador cortar na carne, mas sem com isso prejudicar os serviços oferecidos à população”, explicou.

As atividades ligadas ao setor, como a proteção e o monitoramento ambiental, continuarão sendo executadas pelo Governo do Estado, a partir da integração entre os órgãos ambientais e as demais esferas do governo, frisou José Melo. “Todo o governo vai trabalhar em conjunto. Criamos uma secretaria para traçar as políticas públicas e os órgãos administrarem. E quero ação em conjunto de todas as secretarias”, enfatizou.

Secretários confirmados

A composição do secretariado e do comando de órgãos da administração indireta será finalizada esta semana. Na última segunda-feira, 16 de março, José Melo anunciou o ex-superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Thomaz Nogueira, para o comando da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia e confirmou a permanência na Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) da engenheira Waldívia Alencar.

Publicidade
Publicidade