Publicidade
Cotidiano
Notícias

Adesão ao movimento: Povo de Coari sai às ruas cobrando justiça

Cerca de 2 mil pessoas participaram de um ato público no município com faixas pedindo justiça, igualdade e liberdade 21/06/2013 às 09:42
Show 1
Rodrigues Moradores de Coari residentes em Manaus participaram do ato público na capital
kleiton Renzo e Joelma Muniz ---

Moradores de Coari (a 362,42 quilômetros de Manaus), município emblemático por ser o mais rico do interior do Amazonas e possuir em seu histórico político escândalos envolvendo seus administradores, que vão desde desvio de dinheiro público a acusações de exploração sexual de crianças e adolescentes, foram às ruas da cidade na noite desta quinta-feira (20), e se uniram às dezenas de milhares de brasileiros que durante a semana se manifestaram contra os problemas públicos e sociais do País.

Os coarienses elegeram a praça da catedral, no centro da cidade, como ponto de encontro da passeata e às 19h começaram a seguir pelas ruas do município. A organização do evento sugeriu que os manifestantes usassem blusas brancas e impusessem cartazes com mensagens de protesto. Segundo dados da organização, cerca de 2 mil pessoas participaram do ato público. Um dos temas da manifestação era liberdade, justiça e igualdade para todos.

Durante o movimento, os protestantes cantaram o Hino Nacional e gritaram palavras de ordem. Os professores e alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas do Campus de Coari encaparam o ato, exigindo melhores condições de ensino, trabalho e reajuste salarial.

Segundo a estudante do Instituto de Saúde e Biotecnologia de Coari (ISB), Jayane Lima, assim como nas demais manifestações pelo País, representantes de siglas políticas não foram aceitos e por isso não compareceram ao ato. “Não registramos a participação de ninguém ligado a partidos políticos. Deixamos bem claro que nossa manifestação teve como objetivo mostrar o descontentamento com a falta de comprometimento da classe política aos problemas relacionados, à saúde, educação, segurança, infraestrutura e transporte”, ressaltou.

De acordo com depoimentos colhidos na página Notícias de Coari, em uma rede social, o movimento ‘Vem pra rua Coari’ foi aderido por pais de alunos de uma escola municipal recém-inaugurada, ainda na manhã de ontem. Eles tomaram à frente do prédio e protestaram contra a falta de energia elétrica no local, que estaria a uma semana o fornecimento do serviço.

Em Manacapuru

O protesto em Manacapuru está marcado para hoje às 17h, na praça da Coabam, em frente ao galpão da Ciranda Flor Matizada. Em Iranduba, a mobilização ocorrerá no próximo dia 25. A previsão dos organizadores é percorrer o bairro Morada do Sol, indo da rotatória da Escola Cecília Carneiro,  na entrada da cidade, até a Praça dos Três Poderes. Entre as pautas de reivindicações estão: segurança pública, iluminação pública, saúde, educação de qualidade, não ao nepotismo e corrupção.

Publicidade
Publicidade