Sábado, 04 de Abril de 2020
IMERSÃO DE CARREIRA

Em Manaus, instituição de ensino é palco de recomeço para adolescentes infratores

Iniciativa é fruto de um Acordo de Cooperação assinado, no ano passado, entre o Literatus, Sejusc e o Sidia - Samsung Instituto de Desenvolvimento de Informática para Amazônia



WhatsApp_Image_2019-09-25_at_15.28.42_AB05C270-9E1F-4429-9BD6-F406C5A6A383.jpeg Foto: Divulgação
18/02/2020 às 07:30

Com o objetivo de promover uma verdadeira imersão de carreira, o Centro de Ensino Literatus promoveu uma tarde vocacional aos adolescentes que fazem parte do projeto “Quero Recomeçar”. A iniciativa é fruto de um Acordo de Cooperação assinado, no ano passado, entre a instituição, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e o Sidia - Samsung Instituto de Desenvolvimento de Informática para Amazônia.

Dez jovens, que fazem parte do sistema socioeducativo, participaram de uma programação que contou com a presença de egressos do Centro de Ensino Literatus, que contaram um pouco a sua história e a experiência no mercado de trabalho depois de formado.



Nesta sexta-feira (14), os jovens visitaram os laboratórios do Literatus para que conhecerem de perto um pouco do dia a dia das profissões que a instituição qualifica. E, no dia 19, eles farão um teste vocacional para conhecer quais profissões combinam com o perfil deles.

No projeto “Quero Recomeçar”, o Centro de Ensino Literatus realiza um nivelamento educacional aos adolescentes, através do reforço escolar nas disciplinas de português, matemática e informática, além de acompanhamento psicológico, tudo com o foco de desenvolver suas habilidades e competências e, ainda, prepará-los para participar de processos seletivos de escolas técnicas.

“Quando o Sidia nos procurou a ideia é que ajudássemos a proporcionar a mudança social desses jovens através da educação. Dentro desse nivelamento buscamos ressaltar a importância do estudo, de pensar no futuro, em uma carreira, mostrando o leque de profissões, para que eles possam ter essa transformação”, destacou a coordenadora pedagógica do Literatus, Sarah Lima.

Ela adianta que a expectativa é que, no próximo mês, os adolescentes passem por uma avaliação para que possam escolher uma carreira e dar início a um curso técnico na instituição.

Para participar do “Quero Recomeçar” foi realizada uma triagem nas cinco unidades socioeducativas do Estado,  levando em consideração a escolaridade, comportamento, conduta e o próprio interesse deles em fazer parte do projeto.

“Aos longos dos últimos meses temos presenciado uma mudança crescente no comportamento dos jovens, principalmente no meio familiar e, sem dúvida, o Literatus foi a base para essa evolução”, comenta a assistente social do Centro Socioeducativo Dagmar Feitosa, Cidia Santos.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.