Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
TRABALHO

ADS realiza audiência pública em Rio Preto da Eva e visita produtores do AM

O objetivo foi conhecer de perto o trabalho e as instalações de agricultores que fornecem produtos para as feiras organizadas pela ADS



ads_agora_78395EFD-381F-48F9-A2CE-90B6A92228AA.JPG
Foto: Divulgação ADS
24/03/2019 às 13:46

O município de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus) recebeu visita técnica da equipe da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) neste fim de semana. O objetivo foi realizar audiência pública com produtores rurais e conhecer de perto o trabalho e as instalações de agricultores que fornecem produtos para as feiras organizadas pela Agência e para alimentação de alunos da rede pública estadual, por meio do Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme).

A audiência pública foi realizada no auditório da Câmara Municipal pelo presidente da ADS, Flávio Antony Filho, com produtores rurais, associações, cooperativas e munícipes. Na ocasião, foram apresentados os projetos da ADS e discutidas melhorias para o desenvolvimento do setor primário na região. 

Um dos temas abordados pelos participantes foi o atraso no pagamento dos produtos fornecidos ao Preme em 2018. O produtor rural Moisés Pereira explicou que esse tipo de situação resulta em prejuízo para o agricultor que passa a acumular dívida com fornecedores de insumos e com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), por exemplo. O presidente da ADS esclareceu que o governador Wilson Lima já autorizou o pagamento dos valores do saldo remanescente de 2018 que já está em fase de liquidação na Secertaria de Estado da Fazenda (Sefaz).

“Após levantamento interno, observamos que muitos processos para o pagamento dos produtores chegavam para a Secretaria de Estado de Fazenda mal instruídos. Dessa forma, eles retornavam para ajustes, atrasando o cronograma de pagamentos. Já estamos atuando para que os repasses desse ano sejam realizados em um prazo máximo de até 45 dias”, explicou.

O encontro contou com a participação da comitiva da ADS formada pelo diretor-técnico, Heitor Liberatto; pelo gerente de qualidade do Premem Tarcísio Fabiano; e pelo chefe de departamento de negócios agropecuários e pesqueiros, Tomás Sanches; além de José Maria Frade Junior, gerente local do Instituto IDAM e do Secretário de Produção Rural de Rio Preto da Eva.

Visita Técnica

 Durante a passagem pelo município, a comitiva da ADS visitou propriedades que fornecem produtos para a merenda escolar da rede pública de ensino em todo o Estado. Além da Associação Indígena União das Águias de Rio Preto da Eva (Aiuarpe), situada no ramal ZF9C (conhecido como ramal dos índios) - única associação indígena credenciada no Preme 2019 - o presidente conheceu as instalações da agroindústria Manaós Polpas, que atua com o beneficiamento de polpas de frutas regionais fornecidas por mais de 15 cooperativas e associações, beneficiando cerca de 2 mil famílias de agricultores familiares. A agroindústria participa do Preme desde 2013.

A equipe visitou, ainda, a empresa GRL Doçuras da Amazônia, credenciada no Preme para o fornecimento de doces de banana. Somente no ano passado, foram adquiridas 14 toneladas do produto. A Fazenda Progresso, referência em produção de citrus no município, também recebeu a visita técnica da Agência. O proprietário, Cláudio Decares, é o atual Presidente da Associação Amazonense de Citricultores (AmazonCitrus) que conta com mais de 60 associados com produção em 600 mil pés de laranja.

*Com informações de assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.