Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
Notícias

Aeroportos de sete municípios do Amazonas voltam a funcionar

Secretaria Nacional de Aviação Civil publicou nesta quinta-feira (10) que determina o retorno das operações de voos que haviam sidos cancelados em agosto



1.jpg Parlamentares da bancada do Amazonas, no Congresso, se reuniram com o ministro da Secretaria Nacional de Aviação Civil, Moreira Franco para pedir providências
10/10/2013 às 08:26

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) publicará nesta quinta-feira (10), no Diário Oficial da União, decisão  que autoriza o retorno de operações de voos regulares que haviam sido cancelados no mês de agosto em aeroportos do interior do Amazonas. A informação foi dada ao senador Eduardo Braga (PMDB-AM) pelo ministro da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC),  Moreira Franco, segundo a assessoria de imprensa do parlamentar.

O retorno das operações, pelo prazo de 18 meses, ocorrerá nos aeroportos de Barcelos, Coari, Eirunepé, Fonte Boa, Humaitá, Santa Isabel do Rio Negro e São Paulo de Olivença. No decorrer desse prazo, os aeroportos deverão se adequar às normas de funcionamento exigidas pela Anac. Na decisão, a SAC se responsabiliza pelo cumprimento dessas normas.

Também ontem, em audiência pública na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia, a pedido do deputado federal Plínio Valério (PSDB-AM), a Secretaria Especial da Aviação Civil, da Presidência da República prometeu liberar recursos para comprar 37 caminhões de combate a incêndios e ainda há o compromisso de construir e reformar 25 aeródromos no interior do Estado.

O líder do Governo no Senado e coordenador da bancada do Congresso Nacional, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), reuniu-se com o ministro-chefe da SAC, Moreira Franco, que confirmou os procedimentos de retomada da aviação no Amazonas depois que as prefeituras municipais iniciaram as providências com relação à segurança.

Barcelos, Carauari, Coari, Envira, Eirunepé, Fonte Boa, Humaitá, Parintins, Santa Isabel do Rio Negro, São Paulo de Olivença e São Gabriel da Cachoeira foram os municípios que tiveram voos reduzidos, em agosto deste ano, pela empresa Azul Linhas Aéreas, que alegou estar cumprindo ordens da Anac. Os voos para Coari tiveram a redução mais drástica, diminuindo de seis para apenas dois voos semanais. Barcelos e Eirunepé tiveram redução de quatro para dois voos semanais e Humaitá, de quatro para apenas um.

*Colaborou Antônio Paulo



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.