Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2019
Notícias

Afeam inicia nova ação de crédito para mototaxistas do Amazonas

Agência de Fomendo do Amazonas (Afeam) esgotou a linha de crédito de R$ 3 milhões para mototaxistas e criará outra, agora no valor de R$ 1,2 milhão



1.jpg Devido à demanda, o dirigente da Afeam informou que a partir do final de julho, passada a Copa, mais R$ 1,2 milhão será disponibilizado para os mototaxistas habilitados
18/06/2014 às 11:54

Os mototaxistas correram para não perder a oportunidade de obter crédito acessível disponibilizado pela Agência de Fomendo do Amazonas (Afeam). Resultado: em três semanas a agência esgotou os R$ 3 milhões colocados à disposição deles. Em pouco mais de 21 dias, 370 deles buscaram o auxílio, dos quais 278 agora apenas aguardam a liberação do recurso e o restante realiza ajustes cadastrais para ter direito ao benefício.

O programa foi um dos últimos lançados pelo então presidente da Afeam, Pedro Falabella, falecido no dia 28 de maio, após complicações cardíacas.



O atual presidente da agência, Evandor Geber Filho, avaliou o resultado como positivo, pois ficou bem acima das expectativas. “A procura foi enorme e superou as expectativas. Gostaríamos de ter conseguido aprovar a licitação com mais antecedência para um maior volume de liberação de créditos. De qualquer forma, estamos satisfeitos com o resultado”.

Novo crédito

Devido à demanda, o dirigente da Afeam informou que a partir do final de julho, passada a Copa, mais R$ 1,2 milhão será disponibilizado para os mototaxistas habilitados que necessitem de financiamentos para adquirir ou trocar suas motocicletas. O valor a ser financiado não sofrerá alteração. “O atendimento será feito no balcão e os créditos no valor de até R$ 8,5 mil cada um, serão oferecidos até que o montante disponibilizado seja atingido”, explicou.

Requisitos

Para obter os créditos restantes, o mototaxista deve ter, no mínimo, dois anos de habilitação, histórico de boa conduta no trânsito, comprovação de curso preparatório e ser aprovado por concorrência pública da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos e da Prefeitura Municipal de Manaus (SMTU/PMM).

O limite de crédito estabelecido pela agência de fomento de até R$ 8,5 mil possui taxas de juros de 5% ao ano (0,41% ao mês) e bônus de adimplência de 25% (3,75% ao ano – 0,31% ao mês) .O prazo para pagamento é de 24 meses sem carência, tendo como condição de acesso a concessão aprovada para permissão de mototaxista.

Garantia

A garantia do financiamento, por sua vez, será constituída por alienação fiduciária da motocicleta, ou seja, o veículo seguirá como propriedade da instituição de fomento até o final do pagamento das parcelas, servindo como garantia do valor financiado. Também será necessário, de acordo com a agência, um aval coletivo composto por e cinco proponentes.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.