Publicidade
Cotidiano
Notícias

Agências têm sentido uma queda de 20% a 30% na venda de pacotes por conta da alta do dólar

Quem se antecipa na compra, sai em vantagem frente aos que deixam para adquirir a passagem próxima à data de embarque 01/07/2015 às 15:50
Show 1
Mesmo com alta do dólar, os Estados Unidos ainda são o destino preferido entre os viajantes amazonenses
Saadya Jezine Manaus (AM)

Os destinos preferidos dos amazonenses ainda são os Estados Unidos ou as praias do nordeste do Brasil. Mas devido a retração da economia, as agências de turismo tem sentido uma queda de 20% a 30% na venda de pacotes turísticos em relação ao mesmo período do ano passado, como afirma a diretora da Paradise Turismo, Cláudia Mendonça. Diante disso, empresas apostam em promoções atrativas para clientes que são adeptos a viagens programadas e tranquilas.

Quem se antecipa na compra, sai em vantagem frente aos que deixam para adquirir a passagem próxima à data de embarque.

Promoções

“Se programar ainda é a melhor opção”, destaca a diretora Cláudia. Segundo ela, empresas aéreas montaram um esquema promocional de tarifas para os Estados Unidos, que estavam custando 145 dólares o trecho, promoção pouco conhecida até mesmo pelos que estão acostumados a viajar para o destino.

Apesar dos reflexos da crise que o Brasil enfrenta, o plano para despistar e fortalecer esse mercado é reconhecer que “todo segmento tem que ter uma dinâmica de trabalho". "Nosso setor está criando diariamente essa dinâmica e possibilidades para fazer o segmento girar. Essas promoções é uma delas”, enfatiza Cláudia Mendonça.

Agencias de turismo

“A grande vantagem das agencias de viagem é o sistema full time oferecido por elas”, destaca a diretora, no qual consiste em uma assistência 24h dos serviços contratados pelo cliente. Em geral, são serviços que envolvem passagem aérea, translado, hospedagem e passeios turísticos.

Por outro lado, a internet facilita a vida do viajante que pode montar seu pacote ‘on demand’.

Entrada nos EUA será facilitada

A presidente Dilma Rousseff anunciou ontem (30), em pronunciamento conjunto com o colega dos Estados Unidos, Barack Obama, a assinatura de um acordo entre os dois países para facilitar a entrada de “viajantes frequentes” brasileiros no território norte-americano.

O ingresso do Brasil no programa Global Entry, a ser concretizado até a primeira metade de 2016, não põe fim à exigência de visto, mas permite a entrada nos EUA sem passar pelas filas de imigração, em casos específicos. “Agradeço ao presidente Obama porque nós decidimos facilitar a entrada nos EUA de viajantes frequentes do Brasil no âmbito do programa Global Entry”, disse Dilma.

O fim da necessidade do visto entre os países será trabalhado paralelamente.

Saiba mais

Paradise Turismo www.paradisetur.com.br

Telefone: 3633-1156

Tucunaré Turismo www.tucunareturismo.com.br

Telefone:3234-5471

Publicidade
Publicidade