Quarta-feira, 22 de Setembro de 2021
Bolsonaro em Manaus

Agenda de Bolsonaro em Manaus nos dias 16 e 17 de julho é divulgada

Além da motociata, o presidente vai participar de encontro com lideranças religiosas e entrega de moradias populares



51243412359_64c9f6fbeb_k-crop-20210617162019-960x540_ECCD978B-F3D0-4AD1-8A72-94B308237CC4.jpg A motociata está entre os eventos que vão contar com a participação do presidente em Manaus. Foto: Reprodução / Internet
05/07/2021 às 14:01

O presidente Jair Bolsonaro estará em Manaus nos dias 16 e 17 de julho para tratar temas como “BR-319 Já”, a criação de novos municípios do Amazonas e o “Voto impresso já”.

Liderado pelo ex-superintendente da Suframa, Alfredo Menezes e pelo movimento pro-Bolsonaro Conservador Amazonas, o evento foi divulgado, durante entrevista realizada na segunda-feira (5), no Da Vince Hotel.

De acordo com Menezes, os detalhes da visita do Presidente em Manaus ainda podem ser mudados. Segundo ele, o presidente irá participar da entrega de unidades do Residencial Manauara, com a Caixa Econômica Federal (CEF).

Serão 500 unidades de apartamentos entregues em Conjunto com a Prefeitura de Manaus. A noite ele irá reunir-se com lideranças evangélicas e dormirá em um quartel, como segundo Menezes, Jair Bolsonaro costuma fazer. No sábado (17), a partir das 8h30, Bolsonaro participará da motociata, que tem previsão para a participação de mais de 50 mil veículos.

Para participar, os motociclistas devem se inscrever junto a seus motoclubes, conforme informou Menezes. “A motociata vai ter um percurso um percurso de 60 quilômetros. A concentração vai ser na área do aeroporto Internacional de Manaus, perto do Sipam, até a Vila Swiss. Vamos sair da Ponta Negra, passamos pela Ponte Rio Negro, pegamos a avenida Brasil, Boulevard Álvaro Maia, Leonardo Malcher até o centro da cidade. Iremos terminar na frente do Teatro Amazonas. Vamos contar com a ajuda da Prefeitura de Manaus e Governo do Estado Por isso uma parte do trânsito será interrompida”, disse Menezes.

Temas

Menezes defendeu que o tema local será “BR-319 Já”. “ Esse tema tem duas vertentes. Uma política e econômica e uma humanitária. Sobre a vertente política e econômica a BE-319 é uma promessa de campanha do presidente. Temos interesses diversos como o escoramento de produção, o deslocamento para  outros estados e agora, com a pandemia, tivemos a necessidade de uma rodovia, para trazermos em pelo menos 5 horas o oxigênio para salvar as diversas vidas que perdemos para a Covid-19. Precisamos sofrer, sentir na pele essa perda para darmos valor à Br-319”, disse Menezes.

No entanto, o porta-voz do presidente no Amazonas não esclareceu se Bolsonaro virá  a Manaus para dar determinar início às obras da BR, no trecho de 450 km que está interditado e que não avançou durante o atual governo.

Voto impresso

Menezes salientou que apenas a bandeira do voto impresso auditavel não é o que a posição divulga. “Apenas três países do mundo não tem voto impresso auditável. O objetivo do governo federal é fazer como na maioria dos países do mundo. O voto impresso é uma complementação do voto eletrônico. Um recibo que o eleitor poderá ter o seu voto. Simples assim”, explicou.




Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.