Segunda-feira, 26 de Julho de 2021
Homenagem em meio à pandemia

ALE-AM realiza evento presencial para evento em homenagem ao ministro e vice-presidente STM, José Barroso Filho

Evento acontece em meio ao grande número de casos de covid-19 registrados diariamente no Estado



show_show_show_ALEAM_Div_6B4389D5-85B8-4758-8298-CBB5180933F3.jpg Foto: Arquivo A CRÍTICA
09/03/2021 às 14:00

Após nove meses parada, a Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) decidiu marcar, no meio da segunda onda da covid-19, solenidade presencial para concessão do título de cidadão do Amazonas nesta terça-feira (9) ao ministro vice-presidente do Supremo Tribunal Militar (STM), José Barroso Filho.

A propositura é de autoria do deputado estadual  Belarmino Lins (Progressistas). O projeto de lei que concede a mais alta condecoração da Assembleia ao ministro do Supremo Militar é datada de 2012 tendo sido aprovada no mesmo ano.



Participaram da solenidade de forma presencial o comandante do Comando Militar da Amazônia, general de Exército Theophilo Gaspar de Oliveira, Comandante do 9° Distrito Naval, vice-almirante Ralf Dias e o comandante do Comando Aéreo Amazônico, brigadeiro do ar, Luís Guilherme.

Demais autoridades militares acompanharam a solenidade de outorga do título de cidadão do Amazonas presencialmente do plenário da Casa atendendo as exigências de uso de máscaras.

No entanto, desde o dia 6 de janeiro as atividades presenciais foram suspensas pela Mesa Diretora. A decisão foi tomada a fim de resguardar a saúde dos funcionários do legislativo estadual. Semanalmente, a Assembleia posta nas redes sociais notas de pesar lamentando a perda de funcionários.

Com a decisão da Mesa, somente estão permitidos, em caráter emergencial, o funcionamento das Diretorias de Saúde e de Assistência Social para que possam oferecer assistência aos deputados, servidores e terceirizados. Os gabinetes dos parlamentares poderão funcionar com número máximo de dois servidores, escolhidos por cada deputado.

Por causa da orientação da Mesa Diretora, a maioria dos deputados ainda participa de sessões plenárias de forma virtual.

Belarmino Lins destacou a biografia de José Barroso que já atuou no Amazonas. Ao discursar, José Barroso lamentou a perda para a covid-19 de funcionários da Justiça Militar.

Em agosto do ano passado, a Assembleia aprovou a concessão do título de cidadão do Amazonas e a medalha Ruy Araújo ao ministro da saúde, general da ativa Eduardo Pazuello, por serviços prestados à Amazônia. Os projetos são de autoria dos deputados Adjuto Afonso (PDT) e Josué Neto (Patriota).

À época, segundo Adjuto, uma solenidade similar a que concedeu o título de cidadão do Amazonas ao ministro militar seria marcada ainda em dezembro. Desde então, a condecorações seguem sem data para serem concedidas a Pazuello.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.