Publicidade
Cotidiano
REAJUSTE

ALE aprova aumento salarial de peritos criminais da Polícia Civil do Amazonas

Agora, o projeto de lei espera a sanção do governador. Reajustes de salários vão de, por exemplo, R$ 4.076,86 para R$ 24.752,83 08/02/2018 às 12:18 - Atualizado em 08/02/2018 às 12:19
Show show 144
Foto: Arquivo A Crítica
acritica.com

A Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM) aprovou hoje (8), com 15 votos, a reestruturação remuneratória para peritos criminais da Polícia Civil do Amazonas. Agora, o Projeto de Lei nº 7/2018 deverá ser sancionado pelo governador Amazonino Mendes (PDT). Os aumentos salariais, que vão de, por exemplo, R$ 4.076,86 para R$ 24.752,83, entram em vigor de maneira retroativa em 1º de janeiro de 2018.

Votada em caráter de urgência pelos deputados, a mensagem governamental nº 20/2018, que chegou na ALE-AM ontem (7), prevê aumento salarial para peritos criminais, legislas e peritos odontolegistas, justificada pelo governador como uma maneira de “garantir a revalorização profissional destes servidores”.

O líder do governo na ALE-AM, o deputado Dermilson Chagas afirmou, na tribuna, que o compromisso de Amazonino é com todos os servidores públicos do Amazonas. “Nosso governador tem palavra, já está cumprindo suas promessas de campanha e está arrumando o Estado. A valorização dos servidores é prioridade nesta gestão”, ressaltou.

UEA

Dermilson Chagas cobrou da mesa diretora que também coloque em caráter de urgência a mensagem governamental que autoriza a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) a abrir crédito especial no Orçamento Fiscal em vigência. A previsão é que a matéria seja votada após a semana do Carnaval.

O recurso de R$ 3,5 milhões será utilizado para auxílio-alimentação dos servidores da UEA. O benefício está suspenso desde março de 2016

Publicidade
Publicidade