Sexta-feira, 17 de Janeiro de 2020
DESCAMINHO

Alfândega apreende produtos ilegais em lojas avaliados em R$ 250 mil

Diversas peças de roupas de famosas grifes internacionais foram encontradas em estabelecimentos comerciais sem documentação que provasse aquisição regular das mercadorias



serep1_928485B9-D3B1-4EA2-9059-7AF0459C6F53.jpg
24/08/2018 às 14:22

O Serviço de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho – SEREP, da Alfândega do Porto de Manaus, realizou nesta semana operação para combater a importação ilegal de mercadorias em três bairros de Manaus: Nossa Senhora das Graças, Parque 10 de Novembro e Cidade Nova.

Foram fiscalizados três estabelecimentos comerciais nos quais foram identificados diversos artigos de vestuário de famosas grifes internacionais, todos suspeitos de serem frutos de crime de descaminho. Durante a operação foi feita a constatação de que os alvos da fiscalização não possuíam qualquer tipo de documentação que comprovassem a regular aquisição das mercadorias que estavam sendo comercializadas.



O valor total das mercadorias apreendidas foi estimado em R$ 250 mil e a fiscalização também encontrou nas lojas recibos de venda sem emissão de nota fiscal, situação que pode ensejar um Auto de Infração no valor das mercadorias vendidas e multas. Além de estarem sujeitos à perda dessas mercadorias, os responsáveis poderão ser indiciados pelo crime de descaminho, que tem pena de um a quatro anos de prisão.

O SEREP chegou a esses estabelecimentos através de procedimentos de análise de risco da Receita Federal realizado em conjunto com Alfândega do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, identificando três passageiros desembarcando nos aeroportos de Manaus e do Rio de Janeiro com malas contendo, além da bagagem, mercadorias com suspeita de fins comerciais.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.