SOLIDARIEDADE

'Alimente nossa arte' busca arrecadações para artistas

Desde o início do projeto, a campanha já repassou mais de 2,6 mil cestas básicas aos artistas e técnicos envolvidos com a produção local

Tiago Melo
28/01/2021 às 18:14.
Atualizado em 09/03/2022 às 07:56

(Foto: Divulgação)

Em tempos de pandemia, a comunidade artística se viu em crise. Com a falta de oportunidades de trabalho devido ao fechamento por tempo indeterminado de cinemas, teatros, casas de shows e centros culturais, a falta de ter o que pôr a mesa mobilizou diversos nomes da cultura amazonense em uma corrente solidária. 

Pensando nisso, a cantora e compositora Milena di Castro, ao lado dos amigos Josenor Rocha e Paulo Marinho, criaram a campanha ‘Alimente nossa arte’. O projeto, que nasceu em junho do ano passado, se vê mais uma vez na difícil situação de ajudar cerca de 3 mil artistas manauaras que passam por necessidades financeiras.

“Nossa campanha acaba ajudando a família dos artistas, porém há artistas doentes e acabamos nos envolvendo também nessa demanda de oxigênio, medicação e assistência psicológica”, afirmou Milena di Castro. De acordo com ela, uma das novidades do projeto é o atendimento psicológico. “Vamos  fazer uma parceria com o Instituto COEXISTIR e teremos atendimento psicológico, neste primeiro momento para 15 artistas”, comentou.

Como ajudar

Segundo Milena, desde o início do projeto, que fornece a divulgação diária do que é arrecadado, mais de 2,6 mil cestas básicas foram doadas aos artistas e técnicos envolvidos com a produção artística local. “Temos uma demanda muito grande que, por mais boa vontade e esforço que tenhamos, não estamos conseguindo suprir”, reiterou ela. 

“Semana passada doamos 200 cestas. Cem delas foram compradas pelo PIX que criamos para a campanha. Também temos um PayPal para quem está fora do Brasil e quer ajudar. Outra forma de ajuda é fazendo a doação direta da cesta básica no Teatro Amazonas. O recolhimento acontece de segunda a sábado,  das 9h às 17h”, completou ela, ressaltando que o grupo também doou 10 cilindros de oxigênio, medicação e uma cadeira de rodas.

“É pouco para a realidade dos trabalhadores da arte do nosso estado, tanto que conseguimos ajudar somente a capital, pois não conseguimos suprir sequer Manaus para poder encaminhar doações para o interior. Estima-se que em todo o estado do Amazonas haja mais de 14 mil artistas. Na Academia Amazonense de Música temos mais de 1600 cadastros de diversas categorias, não só da música”, concluiu o cantor lírico Josenor Rocha.

Para doar

Doações em alimentos:Teatro Amazonas, de segunda a sábado,  das 09h às 17h.

Doações em dinheiro: PIX:33.638.155/0001-07

Paypal:alimentenossaarte@gmail.com

Depósito bancário: Banco Digital Stone (197)

Agência 0001 / Conta Corrente 674828-9

CNPJ: 33.638.155/0001-07 Academia Amazonense de Música

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por