Segunda-feira, 24 de Junho de 2019
Notícias

Alimentos ficarão mais caros no AM devido aumento de impostos

Governo do Estado aumentou alíquota do ICMS de 1% para até 10% para os itens da cesta básica. O orçamento doméstico sofrerá alterações



1.jpg Itens como café, leite, arroz e feijão já começam a encarecer nos supermercados
12/01/2013 às 09:49

Mesmo tendo uma das cestas básicas mais caras do Brasil, o amazonense vai levar mais um duro golpe no orçamento doméstico com um novo aumento de até 30% dos itens de necessidade básica alimentar que estão chegando nos supermercados esta semana.

A margarina já está sendo vendida 30% mais cara no varejo, assim como o arroz e o feijão, com 20% de reajuste nos preços. O sal também já foi reajustado em 10%. No total, 13 itens sofrerão aumento nos próximos dias, segundo a Associação de Supermercado e Atacadista do Estado do Amazonas que atribui a causa ao governo.

No dia 7, foi alterada de 1% para até 10% a isenção da alíquota de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para os itens de primeira necessidade, em vigor desde 2003. A resolução, que altera a Lei de Incentivos Fiscais e Extrafiscais, foi publicada no Diário Oficial.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).

Receba Novidades


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.