Publicidade
Cotidiano
COMPETIÇÃO

Alunos de Engenharia da UEA ficam em terceiro lugar em desafio nacional

Competição Desafio Solar Brasil, realizado em Búzios, município do Rio de Janeiro, contou com 13 equipes na categoria Catamarã e amazonenses ficaram no pódio 28/09/2018 às 16:30
Show catamara f69944ff 1735 4cc1 a2e0 2703fac6899b
acritica.com Manaus

A equipe Leviatã, formada por 25 estudantes de cursos de engenharia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), conquistou a terceira posição na categoria Catamarã, no Desafio Solar Brasil, realizado em Búzios, município do Rio de Janeiro.

A categoria Catamarã consiste em uma embarcação de seis metros e dois cascos, que dão a base para a embarcação. Na competição, 13 barcos como esse passaram por testes como rapidez, segurança, estabilidade e, principalmente, eficiência da energia solar. O modal obteve resultado expressivo, levando os alunos da instituição para a melhor posição da história do grupo.

Para o estudante Daniel Braga, o terceiro lugar foi um bom resultado. “Sabemos muito bem da nossa capacidade e onde podemos chegar. O terceiro lugar é um bom resultado. Daqui pra frente é colocar novos alunos e buscar uma melhor colocação na competição ano que vem”, destacou.

Formada em 2015, a equipe obteve o nono lugar no seu primeiro ano de Desafio Solar Brasil. Na segunda participação, alcançou a sexta colocação. Ano passado, por problemas financeiros, os acadêmicos não participaram do torneio.

Na categoria catamarã, o grupo ficou atrás apenas do Barco Fénix (Universidade do Estado de Santa Catarina) e Barco Poente (Universidade Federal do Espírito Santo). Os 15 estudantes que viajaram até o interior do Rio de Janeiro obtiveram mais uma conquista, o prêmio José Cubero, pelo melhor vídeo apresentado durante o torneio, apresentando as atividades realizadas pela equipe que contribuem para o desenvolvimento da comunidade local.

O evento deste ano, contou com 16 equipes e 18 embarcações. Além do Amazonas, outros três estados participaram do evento: Rio de Janeiro, Espirito Santo e Santa Catarina. O objetivo do Desafio Solar Brasil é estimular estudantes do país para prática e conhecimento tecnológico de energias limpas e renováveis, com foco marítimo.

Publicidade
Publicidade