Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
SAÚDE

Amazonas deve registrar mais de 5,8 mil novos casos de câncer em 2018, prevê Inca

Estimativa aponta que o câncer de próstata vai ser o mais comum entre os homens e o de colo do útero entre as mulheres. Segundo especialistas, faltam ações preventivas



agenciabrasil020812_ant8341.jpg Foto: Agência Brasil
03/02/2018 às 11:25

Um dos principais desafios para a redução da taxa de incidência e de mortalidade de câncer no Amazonas é a participação dos gestores municipais no desenvolvimento de ações educativas e preventivas da doença. A observação é da coordenadora estadual da Atenção Oncológica, Marília Muniz.

Para ela, a partir do momento que as atividades para controle das neoplasias malignas (como são chamados cientificamente os vários tipos da doença) forem priorizadas na agenda de cada município, certamente reflexos positivos serão sentidos.

Marília Muniz enfatizou que a responsabilidade social também é importante para alcançarmos este resultado. “Os empresários também precisam proporcionar a seus funcionários que participem dessas ações, que liberem um dia a pessoa para ir fazer exames preventivos, que façam palestras educativas dentro das empresas. Ou seja, tem que haver participação conjunta de todos os setores da sociedade para que a gente possa diminuir a incidência e mortalidade por câncer”, disse.


FCecon realizou atividade voltada à prevenção dos principais tipos de câncer

Nessa sexta-feira (2), o Instituto Nacional do Câncer (Inca) divulgou novos dados de incidência da doença para o biênio 2018-2019. O levantamento apontou que serão mais de 5,8 mil novos casos, em cada ano, no Amazonas, sendo aproximadamente 2.730 em homens e 3.130 em mulheres.

Segundo a previsão do Inca, a maioria dos casos vai ser registrada em Manaus. Do total, a capital terá mais de 4,2 mil novos casos, sendo 1.870 em homens e 2.380 em mulheres.

No Estado, os cinco tipos de câncer mais incidentes em homens serão o de próstata, com 580 novos casos, de pele não melanoma (480), de estômago (320), de traqueia, brônquio e pulmão (220), de cólon e reto (110) e de leucemias (90). Já nas mulheres, os mais frequentes serão o de colo do útero, com 840 novos casos, de pele não melanoma (600), de mana (420), de colo e reto (170) e de traqueia, brônquio e pulmão (150).

A coordenadora estadual da Atenção Oncológica disse ainda  que a realização de exames preventivos, assim como a adoção de hábitos saudáveis de vida, podem ajudar a prevenir as neoplasias malignas. Ela também ressaltou os malefícios causados pelo tabagismo.

“Entre fatores de risco, o tabagismo é o vilão principal. Está relacionado a quase todos os tipos de câncer. É muito importante que as pessoas se atentem a isso porque ele tem mais de 4,7 mil substâncias tóxicas”, disse.

Ação informativa no Centro


Mercadão recebeu ação com distribuição de material informativo

Na manhã dessa sexta-feira (2), a Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) realizou uma atividade voltada à prevenção dos principais tipos de câncer registrados na região.  A ação, alusiva ao Dia Mundial do Câncer, comemorado amanhã, aconteceu no Mercado Municipal Adolpho Lisboa, no Centro de Manaus.

A atividade foi desenvolvida pela equipe de profissionais do Departamento de Prevenção e Controle do Câncer (DPCC-FCecon), com a distribuição de material informativo e orientação à população que frequenta o local, além de permissionários e comerciantes que atuam nos arredores do Mercado.

“É uma ação corpo a corpo, onde aproveitamos para dizer as pessoas quais os cuidados que elas devem ter para evitar os principais tipos de câncer e a importância de ter hábitos saudáveis de vida”, disse Marília Muniz.

Por ano: 600 mil casos

De acordo com a publicação “Estimativa 2018/2019: Incidência de Câncer no Brasil”, divulgada, nessa sexta-feira, pelo Instituto Nacional do Câncer, serão cerca de 600 mil novos casos de câncer no País, em cada ano. Aproximadamente 282.450 em mulheres e 300.140 em homens.

As estimativas do biênio 2018-2019 não podem ser comparadas às dos biênios anteriores, porque as bases de cálculo são permanentemente aperfeiçoadas.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.