Terça-feira, 18 de Junho de 2019
COMBATE

AM recebe 510 mil doses de vacinas para campanha contra pólio e sarampo

As doses já começaram a ser enviadas ao interior pela Secretaria Estadual de Saúde (Susam). O Dia D de combate às duas doenças será realizado no dia 18 de agosto, em todo o país



vacina.jpg (Foto: Divulgação)
26/07/2018 às 09:36

Os municípios do Amazonas estão sendo abastecidos com cerca de 510 mil doses de vacina para serem usadas durante a Campanha Nacional contra a Poliomielite e Sarampo, que será realizada de 06 a 31 de agosto. As doses já começaram a ser enviadas ao interior pela Secretaria Estadual de Saúde (Susam). O Dia D de combate às duas doenças será realizado no dia 18 de agosto, em todo o país.

A meta, no Amazonas, é vacinar 304.907 mil crianças contra a poliomielite (Paralisia Infantil) e 204.459 contra o sarampo. O secretário estadual de saúde, Francisco Deodato, ressalta que as doses enviadas são suficientes para abastecer todos os 62 municípios, para a realização da campanha. As Prefeituras estão sendo incentivadas a perseguir a meta a ser alcançada, para que as doenças não avancem no Amazonas.

Segundo ele, a Susam montou uma estrutura logística, para que as vacinas estejam disponíveis para o público-alvo da campanha, em todos os municípios, inclusive nas comunidades rurais e indígenas. O público alvo da campanha no Brasil são as crianças de 12 meses a menores de cinco anos (4 anos 11 meses e 29 dias). No Amazonas, a faixa etária será a partir de seis meses, devido ao surto de sarampo que ocorre em Manaus.

Na capital, onde por causa do surto a vacinação contra o sarampo foi antecipada, a campanha vai ser centralizada na imunização contra a poliomielite. No interior, o foco serão as duas doenças. A meta é aplicar 224 mil doses da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), principalmente no interior. No caso da pólio, serão 304,9 mil doses, na capital e no interior. De qualquer forma, as crianças que forem aos postos de saúde terão essas e todas as vacinas necessárias para complementação do esquema de imunização. Os pais devem levar as carteiras de vacinação, para que seja verificado se precisam de alguma outra imunização.  

O diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Bernardino Albuquerque, disse que o órgão está mobilizando todos os municípios, para que os gestores se empenharem ao máximo no alcance das metas.

O assunto foi discutido, durante o Congresso de Secretários Municipais de Saúde, que ocorreu de domingo até a última terça-feira (24), no município de Rio Preto da Eva. Na próxima semana, ele realiza uma videoconferência com todos os coordenadores de vacinação nos municípios, utilizando as salas de aula do sistema de Ensino Mediado por Tecnologia, da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Boletim do Sarampo

De acordo com a 18ª edição do Boletim Epidemiológico da Sala de Resposta Rápida para o Surto de Sarampo no Amazonas, divulgada pela FVS nesta quarta-feira (25), em todo o Estado do Amazonas já são 4.410 casos notificados, envolvendo 32 municípios. Dos casos notificados, 519 foram confirmados, todos eles em Manaus e outros 3.725 seguem em investigação. No interior, Manacapuru lidera o ranking com 693 casos, seguido por Itacoatiara (44), Iranduba (30), Parintins (19), Coari (16), e Novo Airão (12 casos).

Vacinação na escola

Fora da campanha nacional de imunização e buscando o enfrentamento ao surto de sarampo na capital, a FVS segue realizando vacinação entre os estudantes da rede estadual, na capital. Nesta quinta-feira (26/07), as equipes de vacinadores estarão na Escola Estadual Belarmino Marreiro, no conjunto Novo Aleixo, zona Norte e na Escola Estadual Marcantônio Vilaça II, na avenida Max Teixeira, Cidade Nova, também na zona Norte.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.