Publicidade
Cotidiano
Notícias

AM tem menor taxa de denúncia de violência contra a mulher pelo Disque 180, aponta ranking

Lista foi divulgada em setembro deste ano e o Amazonas está na 27ª posição. De 100.000 mulheres, somente 12 utilizam Central de Atendimento para denunciar 21/11/2014 às 17:25
Show 1
Mulheres do AM são as que menos denunciam por meio do Disque 180
OSWALDO NETO Manaus (AM)

O Amazonas possui a menor taxa de registros de casos de violência contra a mulher do país por meio do Disque 180, segundo dados da Secretaria de Política para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR). O ranking nacional foi divulgado em setembro deste ano e será apresentado durante o seminário “Violências Silenciadas e Silenciosas: Um olhar ao redor”, nesta sexta-feira (21), na Universidade Nilton Lins.

Com o objetivo de avaliar o aumento da violência doméstica no Brasil, o evento irá discutir os efeitos da Lei Maria da Penha e também sugerir medidas que deem mais visibilidade à ação, conforme informou a procuradora da Mulher no Senado, senadora Vanessa Grazziotin.

“O evento é parte, no Estado, dos 16 dias de ativismo, um movimento mundial que luta contra esse tipo de violência, que mata e destrói lares e famílias. Temos que chamar a atenção do Poder Público e do Judiciário para que a lei funcione em sua plenitude, além de fazer com que os julgamentos sejam mais céleres”, disse.

O seminário inicia às 19h desta sexta-feira na Universidade Nilton Lins, localizada na avenida Professor Nilton Lins, Zona Centro-Sul.

Durante o evento, está prevista uma mesa redonda composta pela senadora e autoridades que tratam do assunto como a coordenadora do programa Ronda no Bairro Maria da Penha, da Polícia Militar, capitã Adriana Salles, pela vice-presidente do Conselho Estadual do Direito da Mulher, Graça Prola, e Jaiza Fraxe, juíza da 1ª Vara Federal.

Disque 180

O ranking foi divulgado em setembro deste ano. Com 196 casos, Manaus é a quarta capital que menos denuncia crimes contra a mulher. A tabela ainda informou que o Amazonas está em último lugar na taxa de registro. Para cada 100.000 mulheres, somente 12,95 informam sobre agressões sofridas.

A Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180 é um serviço ofertado pela SPM com o objetivo de receber denúncias ou relatos de violência, reclamações sobre os serviços da rede e de orientar as mulheres sobre seus direitos e sobre a legislação vigente, encaminhando-as para os serviços quando necessário.

Publicidade
Publicidade