Publicidade
Cotidiano
Notícias

Amazonas arrecada R$ 6,4 bilhões em impostos até o mês de setembro de 2014

O crescimento no recolhimento dos tributos, em comparação com o mesmo período do ano passado, foi de 9,8% 14/10/2014 às 11:49
Show 1
Empresas do Polo Industrial de Manaus participaram com R$ 2,8 bilhões no total arrecadado pelo Estado neste ano
Alik Menezes ---

O Amazonas arrecadou, de janeiro a setembro deste ano, R$ 6,419 bilhões em impostos. O crescimento no recolhimento dos tributos, em comparação com o mesmo período do ano passado, foi de 9,8%, quando o montante arrecadado foi de R$ 5,847 bilhões.

De acordo com a diretora de arrecadação da Secretaria de Estado da Fazenda, Karen Valesca Monteiro, o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) é o que tem maior peso na arrecadação estadual, sendo responsável por mais de 90% do total. No acumulado do ano, foram arrecadados, só em ICMS, R$ 5,857 bilhões, enquanto que no ano passado foram recolhidos R$ 5,363 bilhões.

“Desse total, neste ano, o crescimento nominal (sem descontar a inflação) foi de 9,20% e o aumento real (descontada a inflação), de 2,90%, em comparação com o ano de 2013.

A indústria participou com R$ 2,893 bilhões. O comércio, por sua vez, participou com R$ 2,400 bilhões, enquanto que o setor de serviços foi responsável por R$ 562,640 milhões”, informou Monteiro.

A diretora informou que fevereiro foi o mês em que a Sefaz registrou maior arrecadação do ICMS, chegando à R$ 718, 725 bilhões. O item com maior participação foi o Insumo Industrial Estrangeiro que arrecadou R$ 203,145, apresentando um crescimento de 93,25% quando comparado com fevereiro do ano passado, período em que foi recolhido R$ 106, 382 milhões.

“Esse grande desempenho foi devido à forte entrada de insumo vindo do exterior adquirida pelas indústrias do Polo Industrial de Manaus que atuam no setor eletrônico, principalmente na produção de televisores LCD”, explicou Monteiro.

Veículos

De acordo com a diretora, no acumulado a Sefaz contabilizou a arrecadação de R$ 217, 052 milhões do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Isso representa um crescimento de 16,51% quando comparado com o mesmo período de 2013, quando a arrecadação foi de R$ 186,293 milhões.

“Para este ano, a expectativa é que a arrecadação do tributo mantenha crescimento com a entrada de novos veículos em 2013 e 2014 na frota tributável. Hoje são aproximadamente 600 mil veículos”, destacou.

Publicidade
Publicidade