Publicidade
Cotidiano
Demografia

Amazonas é o 13º Estado mais populoso do País, segundo novo levantamento do IBGE

População em todo Estado ultrapassou os 4 milhões. Manaus continua com 2 milhões de habitantes, mas teve acréscimo de 36 mil, a 7ª cidade mais populosa do Brasil 30/08/2016 às 22:06 - Atualizado em 31/08/2016 às 09:03
Show portal 1
O número de habitantes em Manaus teve acréscimo de 36.680 de pessoas de 2014 para 2015 (Aguilar Abecassis)
Náferson Cruz

A capital amazonense alcançou neste mês a marca de 2.094.391 milhões de habitantes conforme nova estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De 2014 para 2015, Manaus teve um acréscimo de 36.680 de pessoas, 1,8% a mais que a última estimativa do órgão. A capital se manteve como 7º município mais populoso do País. Somado a população da Região Metropolitana da capital, que inclui cidades como Manacapuru, Irandura, Itacoatiara e outras, o número chega a 2.568.817

No ranking dos Estados, o Amazonas saltou uma posição no ranking e ocupa a 13º, ultrapassando a Paraíba. No Norte, o Estado mantém a segunda colocação em número de habitantes, com um total de 4.001.667 milhões, o que representa 1,9% da população no País. Na região, o Estado perde apenas para o Pará, que ocupa o 9º lugar do ranking nacional, com 8.175.113 milhões de  pessoas.

Entre os municípios do interior do Estado, as “Estimativas da População de 2016” apontam que a cidade de maior  crescimento populacional foi Itacoatiara com 1.381 a mais que no ano anterior. Oito municípios perderam população, como Fonte Boa (- 543), Japurá (-465) e Jutaí (-385), em decorrência da taxa de crescimento negativa que estes municípios possuem.

Ainda de acordo com dados da pesquisa, os maiores municípios em população do Amazonas, depois de Manaus, são: Parintins (112.716), Itacoatiara (98.503), Manacapuru (95.330) e Coari (83.929). Os menores: Japurá (4.660), Itamarati (8.153), Itapiranga (9.040), Silves (9.147) e Amaturá (11.047).

A menor Taxa de Crescimento Geométrico (TCG) do Amazonas foi registrada no Município de Japurá (-8,4713%). A cidade é a segunda do Brasil com menor crescimento populacional.

O supervisor de Disseminação de Informações do IBGE no Amazonas, Adjama Nogueira Jaques, explica que as estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos.

“O método baseia-se na população estadual projetada e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos - 2000 e 2010”, informou Adjalma.

Estimativa da população

Ainda, no ranking dos Estados, São Paulo continua sendo o mais populoso em milhões de habitantes, concentrando 21,7% da população do País, seguido de Minas Gerais, com 21,0 milhões de habitantes e do Rio de Janeiro com 16,6 milhões de habitantes.

Os três Estados mais populosos do País localizam-se na Região Sudeste, enquanto que os cinco estados menos populosos localizam-se na Região Norte. O Estado de São Paulo, com 44,7 milhões de habitantes, concentra 21,7% da população total do País, seguido de Minas Gerais, com 21,0 milhões de habitantes e do Rio de Janeiro com 16,6 milhões de habitantes.

Segundo as estimativas de população, em 1º de julho de 2016 o Brasil contava com 206,1 milhões de habitantes distribuídos pelos 5.570 municípios que compõem as 27 Unidades da Federação.

Concentração de habitantes

Conforme a pesquisa, em 2016 pouco mais da metade da população brasileira (56,4% ou 116,1 milhões de habitantes) concentra-se em apenas 5,5% dos municípios (309 municípios), que são aqueles com mais de 100 mil habitantes.

População por Estados

1º São Paulo: 44.749.699
2º Minas Gerais: 20.997.560
3º Rio de janeiro: 16.635.996
4º Bahia: 15.276.566
5º Rio Grande do Sul: 11.286.500
6º Paraná: 11.242.720
7º Pernambuco: 9.410.336
8º Ceará: 8.963.663
9º Pará: 8.272.724
10º Maranhão: 6.954.036
11º Santa Catarina: 6.910.553
12º Goiás: 6.695.855
13º Amazonas: 4.001.667
14º Paraíba: 3.999.415
15º Espírito Santo: 3.973.697
16º Rio Grande do Norte: 3.474.998
17º Alagoas: 3.358.963
18º Mato Grosso: 3.305.531
19º Piauí: 3.212.180
20º Distrito Federal: 2.977.216

Publicidade
Publicidade