Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019
APÓS MULTA

Amazonas Energia envia três geradores para normalizar fornecimento em Humaitá

Previsão da concessionária é que no início da próxima semana o serviço seja normalizado definitivamente



deedwq_7BFB1CB4-581E-406B-8A04-E110EF6848B7.jpg Foto: Arquivo AC
13/09/2019 às 12:15

O envio de três geradores para normalizar o fornecimento em Humaitá, distante 696 quilômetros de Manaus, será realizado nesta sexta-feira (13) pela Amazonas Energia, após uma série de apagões elétricos serem registrados desde a última terça feira (10) no município do sul do AM. Devido a problemas em grupos geradores da termelétrica, picos e quedas de energia atingiram mais de 6 mil moradores da cidade, e motivou uma decisão da Justiça que aplicou multa de R$ 100 mil por dia de 'apagão'.

De acordo com a concessionária, os três geradores estão sendo enviados do município de Manicoré, distante 330 quilômetros da capital, e serão instalados, por completo, até este sábado (14), em uma operação para realizar o alívio de carga de alta tensão em áreas de distribuição no município.

A previsão da Amazonas Energia é que no início da próxima semana o serviço será normalizado definitivamente. Até lá, a concessionária recomenda aos consumidores de energia elétrica, o consumo consciente, evitando desperdícios.

Multa

A Justiça deferiu nesta quinta-feira (12), o pedido do Ministério Público do Amazonas (MP-AM) e determinou o pagamento de multa de R$ 100 mil a Amazonas Energia pelos dias de racionamento do serviço elétrico, em Humaitá. 



No segundo dia de racionamento, em 11 de setembro, a 1ª Promotoria de Justiça de Humaitá (1ª PJH) requereu ao Judiciário a aplicação de multa no valor de R$ 50 mil por dia em que houvesse interrupção no fornecimento de eletricidade no município.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.