Terça-feira, 18 de Maio de 2021
RECLAMAÇÕES

Amazonas ocupa 11ª posição no ranking nacional de reclamações do serviço de internet

Quantidade de reclamações pode ter a ver com a transição do trabalho remoto em ‘home office’



internet-lenta_84BCC489-A610-4AD2-8806-4F69BF483960.jpg Foto: Reprodução/Internet
12/04/2021 às 10:26

A pandemia do coronavírus vem impactando direta ou indiretamente a vida das pessoas desde o ano passado. Uma das maiores mudanças que o isolamento causou, foi a transição das atividades de estudo e trabalho, que passaram a ser realizadas “remotamente”, em casa. Nesse cenário, a Selectra - startup de comparação de planos, tarifas e pacotes de Internet, TV, seguros e cartão de crédito - realizou um estudo em que buscou analisar diversas reclamações deste período e o que motivou esses chamados.

Nesse contexto, o estudo observou que a frequência com que as pessoas usavam a internet e televisão aumento. Segundo a consultoria App Annie, o Brasil foi o 3º país em quantidade de tempo nos aplicativos em 2020. Consequentemente, o número de reclamações desses serviços (internet e tv) foram significativamente grandes, impactando diretamente na vida dos brasileiros.



Comparado ao ano de 2019, o aumento das reclamações do serviço de internet é bastante significativo. Entretanto, é possível ver que o índice de reclamações de TV por assinatura foi o único que diminuiu de 2019 para 2020. O motivo, conforme Selectra, é que as plataformas de streaming, estão tomando conta do serviço, por serem mais flexíveis e acessíveis, reduzindo o número de usuários de TV por assinatura.

Dados do Amazonas

Em relação ao estado do Amazonas, o estudo observou uma grande porcentagem de reclamações do serviço de internet se comparado aos outros estados. Foram 2,03% das pessoas que reclamaram do serviço. Não parece um grande número, no entanto, em relação a quantidade de usuários e aos últimos anos é um grande significado do impacto da pandemia no estado. O estado ocupa a 11º posição no ranking nacional de reclamações do serviço de internet.

Quando o assunto é televisão por assinatura, o Amazonas desce para a 23º colocação, tendo menos reclamações que para o serviço de internet. Isso também comprova o fato de que a televisão não foi tão essencial para as pessoas quanto a internet, por motivos de que o trabalho das pessoas dependia desse serviço.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.