Publicidade
Cotidiano
ECONOMIA

Amazonas tem o m² mais barato da construção na região Norte em julho, diz IBGE

Custo médio de R$ 1.040,46 registrado no Estado foi o 10º menor do Brasil. Nos últimos doze meses, valor do m² subiu R$ 13,57 no AM 08/08/2018 às 18:43 - Atualizado em 08/08/2018 às 18:51
Show pedreiro
Foto: Euzivaldo Queiroz/Arquivo AC
Vitor Gavirati Manaus (AM)

O custo médio do metro quadrado (m²) da construção no Amazonas registrado em julho de 2018 foi o mais barato entre os estados da região Norte, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mês passado, o valor do m² foi de R$ 1.040,46, segundo dados do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi), divulgados pelo IBGE nesta quarta-feira (8).

Os números do IBGE apontam ainda que em julho o custo médio do m² da construção no Amazonas foi também o 10º menor do Brasil. O estado do Sergipe, onde o custo médio ficou em R$ 953,13, teve o m² mais barato do País – uma diferença de R$ 87,33 em relação ao Amazonas.

Entre os 10 estados com m² mais barato, sete são da região Nordeste. Além do Amazonas, Espírito Santo (3º lugar) e Minas Gerais (7º), do Sudeste, são as exceções. Santa Catarina teve o m² mais caro: R$ 1.227,55 – média R$ 187,09 mais alta que a do Amazonas.

Na região Norte, o Acre apresentou o m² mais caro no mês de julho: R$ 1.195,87, alta de R$ 155,41 em relação à média do Amazonas.

Custo do m² subiu no AM

Nos últimos doze meses, segundo o IBGE, o custo médio do m² da construção no Amazonas subiu R$ 13,57 (1,21%), aumentando de R$ 1.026,89 em agosto de 2017 para os atuais R$ 1.040,46, registrados na última atualização do Sinapi, de julho deste ano.

“A componente material foi a principal responsável pela subida no mês. Este grupo subiu 0,72% em julho, depois de uma pequena baixa em junho (-0,20%). A componente mão de obra teve uma pequena variação em relação ao mês anterior (0,03%)”, aponta o IBGE.

A variação do metro quadrado em relação a junho (R$ 1.036,17) no Amazonas foi de 0,41%.

Preço do material sobe e o da mão de obra diminui

De acordo com os dados do Sinapi, no Amazonas o valor dos materiais corresponde a 53,79% do custo da construção. Em julho de 2018, o custo médio do m² com materiais de construção foi de R$ 574,88 enquanto o da mão de obra R$ 465,58.

Nos últimos 12 meses, o valor médio gasto com materiais de construção por m² subiu de R$ 559,68 para os atuais R$ 574,88. A diferença de R$ 15,20 no m² corresponde a um aumento de 2,7%.

O custo médio com mão de obra por m², no entanto, apresentou uma leve queda nos últimos 12 meses. Diminuiu de R$ 467,21 em agosto de 2017 para R$ 465,58 em julho de 2018, uma redução de R$ 1,63 (-0,34%).

Publicidade
Publicidade