Publicidade
Cotidiano
Notícias

Amazonas terá, pelo menos, sete novos aeroportos, garante titular da Secretaria de Aviação Civil

Projetos apresentados pelo ex-governador Omar Aziz, hoje senador, contemplavam os municípios de Amaturá, Codajás, Jutaí, Maraã, Nova Olinda do Norte, Pauini e Uarini 22/09/2015 às 18:34
Show 1
Aeroporto Julio Bekém, de Parintins
acritica.com* ---

O Amazonas deve ganhar sete novos aeroportos no interior do Estado. Esta foi a informação dada ao senador Omar Aziz (PSD-AM) pelo Ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha, durante uma audiência pública no Senado Federal, no fim da manhã desta terça-feira (22). O ministro fez o anúncio após um firme questionamento de Omar Aziz no debate sobre a oferta de voos e o alto preço das passagens de avião na Região Norte do Brasil.

“Em 2012, quando era o governador do Amazonas, preparei projetos para sete aeroportos no interior do Estado. A presidente Dilma Rousseff falou para eu procurar a Casa Civil porque o governo federal estava preparando um plano para os aeroportos regionais. Já faz três anos e o povo do meu Estado ainda sofre com este problema que é urgente”, criticou Omar Aziz.

“Os estudos apresentados pelo Senador Omar Aziz foram acolhidos e não vai se gastar contratando terceiros. Serão feitas pequenas adaptações, mas não será mais gasto o nosso dinheiro”, respondeu o Ministro.

Os projetos apresentados por Omar Aziz contemplavam os municípios de Amaturá, Codajás, Jutaí, Maraã, Nova Olinda do Norte, Pauini e Uarini. De acordo com Eliseu Padilha, todos estarão incluídos no Plano de Desenvolvimento da Aviação Regional, sendo que apenas Nova Olinda do Norte, ao invés de ter um novo aeroporto construído, terá o seu reformado e ampliado.  De acordo com o Ministro, o município de Carauari também deve ter um novo aeroporto, que está em estudo de viabilidade técnica.

Precisamos salvar essas pessoas, dar o direito de ir e vir a elas. Direito este que o governo nos nega ao também não asfaltar a BR-319, para que o Amazonas possa ser ligado ao resto do Brasil”, destacou Omar Aziz.

Ainda segundo o Ministério da Secretaria de Aviação Civil, os municípios de Amaturá, Codajás, Jutaí, Maraã, Pauini e Uarini estão na fase inicial do projeto, na qual técnicos do Ministério estudam a topografia do local e definem o tamanho do aeroporto para atender a região. Já o aeroporto de Nova Olinda do Norte está na terceira etapa: aguardando a licença ambiental e o processo para a licitação. 

“Vamos lutar pra homologar o maior número possível de aeroportos no Amazonas. Assim poderemos baixar o preço das passagens. Atualmente, o governo do Estado subsidia o combustível, mas o dólar alto contribui para o encarecimento também porque a manutenção é feita fora do Brasil. Mas se o Ministro está confiante, eu tenho que confiar também. Já me coloquei à disposição para lutar”, finalizou o Senador do Amazonas.

*Com informações da assessoria

Publicidade
Publicidade