Sábado, 18 de Setembro de 2021
CENÁRIO

Amazoncripz está a um passo da elite da Liga Brasileira de Free Fire

Desta vez o representante do Amazonas, e o único da Região Norte, está na final que será realizada neste domingo, a partir das 13h



Amazoncripz_-_Divulgacao__2__C02AA4F8-5294-4261-B895-E4977CFD959E.jpeg Foto: Divulgação
24/07/2021 às 16:50

O Amazoncripz tem mais uma oportunidade de disputar o acesso para a elite da Liga Brasileira de Free Fire (LBFF). Desta vez o representante do Amazonas, e o único da Região Norte, está na final que será realizada neste domingo, a partir das 13h (de Brasília) na cidade de São Paulo e com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube do Free Fire Brasil e também no SporTV.

Em abril deste ano, o Amazoncripz participou da final da segunda divisão da LBFF, no entanto, os players (jogadores)  foram completamente prejudicados devido a um apagão de energia elétrica na hora da competição e que afetou vários bairros de Manaus. A competência dos players  e a dedicação colocavam o Amazoncripz entre os favoritos para uma vaga na série A da competição.  E essa vaga pode chegar amanhã.



Devido a repercussão local, nacional e até internacional de várias pessoas ligadas ao cenário gamer, o Amazoncripz conseguiu, com ajuda do Governo do Estado, Prefeitura de Manaus e ajuda de amigos, alugar uma game house em São Paulo e levou todos os jogadores.

“A internet é melhor, a logística do jogo é muito melhor e mais uma vez conseguimos chegar a uma final. A gente está muito preparado. A gente sabe que esse é o jogo da nossa vida, o jogo mais importante, o dia mais importante. Então, os meninos vão dar o melhor e eu tenho certeza que eles vão aplicar um bom jogo. A união e a humildade refletem muito dentro do jogo”, enfatizou o CEO da Amazoncripz e presidente da Federação Amazonense de Free Fire, Andryw Antony.


Formada pelos players Salles (capitão), Dieln (rush), Prozin (rush), Maaster (rush), Didi (Rush) e Apache (Coach//técnico),  o Amaoncripz desembarcou em São Paulo no dia 31 de maio e intensificaram a preparação e treino para este domingo.E tem um peso maior por ser o  único do Norte do Brasil.

Chegar à elite da Liga Brasileira, dentre milhares de times, é algo que  está próximo para o representante do Amazonas. E conquistando o acesso, o time contará com uma ajuda de custo de R$ 100 mil, além dos patrocinadores que vão surgir.

Os dois primeiros colocados sobem para a Série A, e na repescagem que acontece no dia 31 de julho, outros quatro melhores colocados também sobem para a elite da LB 

O coach do Amazoncriz, Ítalo Rodrigues, o Apache, ressaltou que não imaginava que o time fosse crescer tanto em técnica e qualidade. “No começo ninguém imaginava que iria chegar a essa proporção. Imaginar (chegar à final) a gente imagina, a gente pensa, sonha e acredita que não vai chegar. E quando surgiu a oportunidade de estar aqui, pra mim foi um sonho. Tudo  o que a gente passou, não foi fácil estar aqui”, confessou.

Novo projetos

Alcançando o objetivo de subir para a elite da Liga Brasileira de Free Fire, se consolidando como único representante da Região Norte, o Amazoncripz pretende se organizar e se preparar para o cenário emulador e expandir os projetos. “A ideia é  participar de campeonatos nacionais e internacionais e trazer todos esses troféus para o Amazonas”, finalizou Andryw.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.