Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
AMIZADE longeva

Amigas octogenárias de Barcelos se reúnem para recriar foto tirada há 64 anos

A imagem original foi feita em 7 de janeiro de 1955, sentadas no então banco de madeira da praça principal do município



montagem_FF2F97A3-97C9-4E4B-B81B-944531646250.JPG Na primeira imagem, acima, Claudette, Zenir, Alzira e Arlete em 1955, na praça municipal de Barcelos e, na segunda, as amigas no mesmo local já este ano. Fotos: Arquivo Pessoal
17/11/2019 às 12:06

“... A amizade, nem mesmo a força do tempo irá destruir”. O trecho do samba “A Amizade”, do famoso grupo de pagode Fundo de Quintal, ajuda a expressar a história de quatro senhoras, todas octogenárias, que se reuniram para refazer uma fotografia feita há 64 anos na praça principal do Município de Barcelos, cidade a 401 quilômetros de Manaus.

A imagem original foi feita em 7 de janeiro de 1955, sentadas no então banco de madeira da praça, quando elas ainda eram adolescentes interioranas cheias de sonhos e com um mundo inteiro a desvendar.  Já a foto mais recente foi registrada no último dia 1º, durante as comemorações do aniversário de 80 anos de uma delas, Arlete Raposo, conhecida carinhosamente como “Letinha”, que reside em Belém e que veio a Barcelos especialmente para ser homenageada. A ela se juntaram as amigas Zenir Bittencourt Benarrós e Alzira Mendes Marques, ambas também com 80 anos e, Claudette de Paula Rodrigues Mendes, de 82.



A festa acabou se transformando em uma grande celebração da vida, um reencontro entre as amigas que, apesar da distância e dos afazeres do dia a dia profissional e familiar, nunca deixaram de se falar e manter o verdadeiro elo da amizade.

Redes sociais

As imagens de 1955 e a atual foram compartilhadas nas redes sociais do prefeito de Barcelos, Edson de Paula Rodrigues Mendes, filho de Claudette Mendes, que segundo elas promoveu o reencontro e um café da manhã para o quarteto. As fotos “ganharam o mundo” pelo exemplo dado pelo grupo de senhoras.

“A foto mais recente foi feita em 1º de novembro na mesma praça na véspera do aniversário da Arlete, aproveitando que no dia seguinte ela faria 80 anos. Já a primeira imagem é de 7 de janeiro de 1955, no dia da posse de um prefeito. Estávamos na praça, éramos estudantes. Eu já morava em Manaus e na época estava por ocasião em Barcelos, pois meu pai era tabelião da cidade e se chamava Antônio de Lucena Bittencourt”,  disse Zenir Bittencourt Benarrós, professora  aposentada e com uma curiosidade singular: é irmã do saudoso ex-senador pelo Amazonas Fábio Lucena.

“Ninguém esperava e nem sabíamos que iriam fazer essa foto, foi surpresa geral para todo mundo. Estamos todas com saúde. Depois, o prefeito patrocinou um café da manhã e reunimos com a família. Foi uma coisa histórica. Quero agradecer tanto ao prefeito quanto ao pai dele por esse momento. A cidade parou, ficou curiosa e prestigiou”, completa ela, mãe de três filhos, avó de três netos, bisavó de três bisnetos e viúva de Júlio da Costa Benarrós, além de prima do ex-prefeito da cidade Marcone Edson Jesus Mendes, 83, marido de Claudette.

Zenir conta que ela e as amigas continuaram falando e se encontrando, com  menos frequência com Arlete, que reside na capital paraense. Ela fala que a ideia de reunir para a fotografia nostálgica partiu do pai do prefeito Edson Mendes, o ex-prefeito da cidade Marcone Edson Jesus Mendes, 83, marido da Claudette.

Para Zenir, reeditar o quarteto em uma foto foi sinônimo de muita emoção. “Para mim representou muito, foi muita emoção nos reencontrarmos para essa imagem após mais de 60 anos. É uma coisa rara depois de tanto tempo. Não contive as lágrimas e eu e a Alzira choramos de emoção”, relembra ela, que espera novos reencontros: “Espero revê-las novamente em breve pois tenho casa em Barcelos e sempre vou lá a cada dois meses. Não esqueço as minhas raízes”.

Emoção, surpresa e celebração

Ex-professora do Instituto de Educação do Amazonas (IEA),  Claudette Mendes fez carreira em Manaus e hoje reside em Barcelos. Segundo ela, refazer a foto com as amigas foi um misto de emoção e surpresa.

“Voltar àquela praça com elas foi emocionante e surpreendente. Para nós essa homenagem foi muito gratificante. Sempre estaremos juntas, somos amigas inseparáveis”, destaca ela, que acrescenta: “Nem o tempo fez nós nos separarmos, isso é raro hoje em dia. Estamos todas vivas e pela primeira vez houve uma reunião assim com meu filho programando, inclusive uma recepção na prefeitura da cidade”.

Dona Claudette aproveitou para dar uma boa notícia: “Dia 14 todas nós vamos nos reunir de novo para celebrar, desta vez em Manaus, as Bodas de Diamante do meu casamento com o Marcone Edson".

Imagem guardada a décadas

Já a aposentada Alzira Mendes Marques, 80,  comentou da satisfação em fotografar na praça da cidade de Barcelos com as outras três amigas. Ela, que nasceu em São Gabriel da Cachoeira, passou a adolescência em Barcelos e continuou os estudos em Manaus, sendo irmã do ex-prefeito Marcone e tia do atual mandatário.

“Quando tiramos a foto, naquele ano, nunca passou pela minha cabeça que mais de 60 anos depois iríamos fazer a mesma coisa aqui na praça. Meu irmão guardou a imagem e, como haveria a celebração de 80 anos da Arlete, a foto foi refeita na praça. Foi muito importante, uma grande emoção, pensar que nós quatro, depois de 60 anos, estamos vivas para fazer essa comemoração linda”, explica Alzira Mendes, que tem três filhas, um casal de adotados, quatro netos e três bisnetos.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.