Publicidade
Cotidiano
Notícias

Anamã e Lábrea deixam o Estado de Calamidade e Emergência, provocados pela enchente

A Defesa Civil iniciou a “Operação Vazante” no dia 17 de agosto e está em fase de atendimento aos 16 primeiros municípios que saíram da Emergência 09/09/2015 às 15:22
Show 1
Anamã, que teve 8.928 pessoas afetadas pela enchente em 2015, foi o segundo município a decretar Calamidade no Amazonas
acritica.com Manaus (AM)

O município de Anamã, localizado no Baixo Solimões saiu nesta terça (09), da lista de Estado de Calamidade Pública da Defesa Civil do Amazonas, assim como Lábrea, no Purus, deixou a Situação de Emergência. Ambos tiveram os decretos reconhecidos pelo Estado e União devido aos danos sociais ocasionados pela cheia.

Anamã, que teve 8.928 pessoas afetadas pela enchente em 2015, foi o segundo município a decretar Calamidade no Amazonas. O primeiro, Boca do Acre, no Purus, também já deixou a condição extrema.

“Para o município de Anamã já enviamos 1200 kit´s de limpeza, como parte da Operação Vazante e Lábrea também entra no cronograma de ações para receber o material”, informou o Secretário Executivo da Defesa Civil do Estado, coronel Fernando Pires Junior.

A “Operação Vazante” foi desencadeada pela Defesa Civil AM no dia 17 de agosto e está em fase de atendimento aos 16 primeiros municípios que saíram da Emergência. Para estas cidades estão sendo destinados 10 mil kit´s de limpeza contendo vassoura, escova, rodo, balde, sabão em pó e em barra. Em uma segunda fase da ação serão distribuídos mais 12 mil kit´s.

A meta do órgão é atuar na prevenção de doenças parasitológicas comum neste período de descida das águas, onde há o acumulo de lixo nas ruas e residências, e acompanhar o processo até que se restabeleça a normalidade social.

Total de afetados/enchente 2015

Pessoas - 460.191

Famílias- 92.024

 
Saíram da Emergência e Calamidade

Pessoas – 198.808

Famílias- 39.762
 
Distribuição de Ajuda Humanitária/Operação Vazante

-10 mil kt´s de limpeza (1ª. fase em andamento para 16 municípios)

*Com informações da assessoria de imprensa


Publicidade
Publicidade