Publicidade
Cotidiano
Notícias

Anatel registra o aumento de 45% nos acessos a rede após implantação do 4G no país

Até o fim do ano, as seis capitais que vão sediar a Copa do Mundo de 2014 - Manaus, São Paulo, Porto Alegre, Cuiabá, Curitiba e Natal - serão beneficiadas 05/09/2013 às 14:57
Show 1
Um vídeo que em uma rede 3G levaria um minuto, em média, para ser baixado, na rede 4G pode ser assistido em apenas quatro segundos
Acritica.com* Manaus, Am

A tecnologia móvel de quarta geração, o 4G, alcançou 257,2 mil terminais no mês de julho no Brasil, segundo dados divulgados na última semana pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Os dados da implantação representam um acréscimo de 83,1 mil acessos em um mês, crescimento de 45% em relação ao mês anterior. Até o fim do ano, as seis capitais que vão sediar a Copa do Mundo de 2014 - Manaus, São Paulo, Porto Alegre, Cuiabá, Curitiba e Natal - serão beneficiadas pelo serviço.

A implantação do 4G no país segue um cronograma estabelecido pela Anatel. As seis cidades-sede da Copa das Confederações (Brasília, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, Fortaleza e Belo Horizonte) passaram a contar com a tecnologia em abril deste ano.

Depois, o calendário prevê atendimento das capitais com mais de 500 mil habitantes (até 31/12/2014); das cidades com mais de 200 mil habitantes (até 31/12/2015); dos municípios com mais de 100 mil moradores (até 31/12/2016) e termina em dezembro de 2017, com atendimento de todas as cidades com mais de 30 mil habitantes.

Expansão

De acordo com dados da consultoria Teleco, o índice da população brasileira coberta pelo 4G já ultrapassa os 20%. E apesar de o cronograma da Anatel definir o atendimento, em 2013, apenas das sedes e sub-sedes de jogos da Copa do Mundo, segundo informações da Teleco, 57 municípios em todas as regiões do Brasil já possuem cobertura de quarta geração.

Novos competidores

O edital de licitação das frequências usadas pelo 4G no Brasil atraiu novas empresas para o mercado nacional de telecom. Uma delas, a On Telecom, está ofertando 4G residencial portátil na região de Campinas (São Paulo). No lançamento comercial da empresa, no mês passado, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, afirmou que "inovação e competição são sempre bem vindos ao mercado brasileiro".

Vantagens

A grande vantagem do 4G é a velocidade. A título de comparação, é como se na tecnologia 3G houvesse uma pista estreita por onde passam os dados. No 4G, essa pista é bem mais larga e o volume de dados que pode trafegar é muito maior. Um vídeo que em uma rede 3G levaria um minuto, em média, para ser baixado, na rede 4G pode ser assistido em apenas quatro segundos.

*Com informações do Ministério das Comunicações

Publicidade
Publicidade