Terça-feira, 23 de Abril de 2019
publicidade
1.gif
publicidade
publicidade

Notícias

Anderson Silva e Lyoto Machida em campanha contra a hipertensão

A participação dos lutadores de MMA, quer incentivar  a população a praticar mais exercício físico e combater a doença que atinge 22,7% dos brasileiros


26/04/2013 às 10:43

Os campeões do MMA, Anderson Silva e Lyoto Machida estão engajados na campanha do Ministério da Saúde para a prevenção e combate à hipertenção arterial. Batizada de " Campanha  Menos Pressão", a iniciativa realizará um evento em São Paulo nesta sexta-feira(26), Dia Nacional de prevenção e combate à hipertensão ara conscientizar as pessoas sobre a importância do controle e prevenção da pressão alta.

De acordo com dados, a prática regular de atividade física reduz em 30% as chances de desenvolver hipertensão e diminui significativamente os índices de pressão arterial de quem já tem a doença.  

“É incontestável a importância da prática de exercícios físicos para a prevenção e o combate da hipertensão, por isso, o apoio de grandes nomes como Anderson e Lyoto são importantes. Eles são figuras que inspiram as novas gerações e nos ajudam a transmitir essa importante mensagem”, explica Dr. Roberto Franco, Presidente da Sociedade Brasileira de Hipertensão. 

O último levantamento do ministério da Saúde, Vigitel 2011, aponta que a hipertensão arterial atinge 22,7% da população adulta brasileira.

De acordo com a profa. Claudia Forjaz, da Sociedade Brasileira de Hipertensão, os exercícios aeróbios moderados e de longa duração são os mais eficientes na diminuição ou na regularização da pressão arterial. “É indicado somar no mínimo 30 minutos de atividade física diária, cinco vezes na semana”, explica ela.   

Atualmente a doença atinge adultos, idosos, adolescentes e até crianças no Brasil. Os casos de infartos, acidentes vasculares cerebrais (AVC) e insuficiência renal terminal estão crescendo devido à falta de exercícios e informação.

As graves consequências da pressão alta podem ser evitadas, desde que os hipertensos conheçam sua condição e mantenham-se em tratamento. Os resultados são ainda mais significativos quando associados à redução do peso corporal e da ingestão de sal. 

publicidade
publicidade
Famílias do Amazonas vão participar de estudo do MS sobre nutrição infantil
Autoexame da mama não substitui exame clínico, diz Ministério da Saúde
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.