Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Notícias

Aneel autoriza reajuste de 18,62% nas contas de luz no Amazonas

Série de aumentos foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica no País. Já em Roraima, haverá aumento de 54,06%



1.jpg A Apple afirmou que os projetos solares vão produzir energia suficiente para serem utilizadas por 265 mil lares chineses durante um ano
29/10/2014 às 12:20

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou que a partir de 1º de novembro, próximo sábado, seja dada uma série de aumentos nas tarifas de energia cobradas no País. No Amazonas, haverá aumento médio de 18,62% na conta de luz dos consumidores atendidos pela Eletrobras Amazonas Energia, que atende a 700 mil unidades no interior na capital.

Para os consumidores residenciais, haverá reajuste de 15,57%. O efeito médio para consumidores de baixa tensão será 15,83%, e para os de alta tensão, em geral indústrias, 22,63%. Segundo a Aneel, o reajuste se deve ao aumento nos valores pagos pelas distribuidoras para compra e transmissão de energia, além de pagamento de encargos setoriais.

A Agência também aprovou aumento de 54,06% nas tarifas de energia cobradas pela Companhia Energética de Roraima, tanto para consumidores de alta quanto de baixa tensão. O aumento começará a ser aplicado também a partir de sábado e abrangerá 39.677 unidades consumidoras localizadas em 15 municípios do interior do Roraima.

A conta de luz das 101 mil unidades atendidas em Boa Vista, capital, pela Boa Vista Energia, também será reajustada a partir de 1º de novembro. Para consumidores residenciais, o aumento será de 17,04%. O efeito médio para os consumidores de baixa tensão ficará em 17,04% e para os de alta tensão, em 16,78%. Assim, o reajuste tarifário terá efeito médio de 16,95%.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.