Publicidade
Cotidiano
REFORMAS

Anori e Coari receberão repasse de R$ 101 milhões para obras de infraestrutura

Recuperação de estradas, do sistema viário e de escolas dos municípios serão contemplados pelo repasse 19/07/2017 às 22:55
Show coari
(Foto: Joel Arthus / Secom)
acritica.com Manaus (AM)

O município de Anori, localizado a 195 km de Manaus, vai receber obras de infraestrutura que vão contemplar a recuperação da estrada Anori-Mato Grosso e Codajás-Anori, além de recuperação de mais de 110 km do sistema viário das principais ruas da cidade.

Em Anori, além das estradas e do sistema viário, a Escola Estadual de Tempo Integral Presidente Costa e Silva e a Escola Estadual Almerinda Nogueira, que atende alunos do 6° ao 9° ano, também serão beneficiadas pelo repasse. Das 12 salas, seis serão ampliadas e reformadas, informou o governador do Amazonas, David Almeida. 

 Além disso, Anori será contemplado com ações na área de saúde, como o Hospital Regional Darlinda Ribeiro, que deverá receber novos equipamentos, bem como a leva de medicamentos recentemente enviada ao município.

 Coari

Já Coari, distante 363 km da capital amazonense, receberá o repasse de R$ 53 milhões para a recuperação do seu sistema viário. Ao todo, duas estradas serão asfaltadas e aproximadamente 45 km de vias vão ser recuperados.

 Para a recuperação viária da cidade serão destinados R$ 15 milhões. Duas estradas, Itapéua e Mamiá, serão asfaltadas com recursos da ordem de R$ 23 milhões. Em uma segunda etapa, de acordo com David Almeida, serão liberados mais R$ 15 milhões para a recuperação de novas ruas.

 Além de obras do sistema viário, Coari vai ganhar uma escola de tempo integral para somar com outras obras que beneficiam a área de Educação. “No mês passado, seis escolas aqui do município foram reformadas. Em breve será construída uma escola de tempo integral com 12 salas”, informou Almeida.

 Viagem

 Ainda hoje (19), o governador David Almeida viaja para Brasília. Na quinta-feira (20), ele se reunirá com a Secretaria Nacional do Tesouro (SNT) para articular a liberação de mais R$ 300 milhões que serão destinados para os municípios do Amazonas.

Publicidade
Publicidade