Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Notícias

Ao abrir a porta de sua casa, homem é fuzilado e morre na Zona Centro-Sul de Manaus

Três suspeitos foram até a residência da vítima e efetuaram mais de dez disparos. O crime pode ter sido um acerto de contas, já que o morto era acusado de pedofilia



1.gif Metalúrgico foi executado assim que atendeu a porta.
04/11/2014 às 07:36

A aparente tranquilidade da rua 2 do conjunto Shangrilá 4, no bairro Parque Dez, Zona Centro-Sul de Manaus, foi quebrada na noite desta segunda-feira (3) quando o metalúrgico Wellington Gonçalves da Cruz, de 37 anos, foi fuzilado na porta de sua casa, ao atender o chamado de três homens que batiam à sua porta. A vítima, que segundo informações da polícia já havia sido presa pelo crime de pedofilia, morreu na hora.

De acordo com informações de testemunhas, que não quiseram se identificar, o crime ocorreu pouco depois das 21h desta segunda, momento em que o trio chegou até a residência de Wellington e bateram em sua porta. Assim que a vítima apareceu na porta, os suspeitos sacaram suas armas e começaram a disparar em direção ao corpo do homem.

Foram mais de dez tiros, sendo que cinco disparos atingiram a cabeça,o pescoço e o peito da vítima, que caiu para dentro do seu imóvel. Logo após executarem o metalúrgico, os suspeitos fugiram do local. Informações de policiais que foram até a cena do crime dão conta de que o morto já havia respondido na Justiça pelo crime de pedofilia.

O corpo do metalúrgico foi encaminhado para a sede do Instituto Médico Legal (IML), na Zona Leste da capital, para ser periciado. O caso foi registrado no 23º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e agentes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) estão investigando o homicídio. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.