Publicidade
Cotidiano
Notícias

Aplicativo do 'Disk Ronda' é lançado no AM

Os usuários dos sistemas Android e iOS podem baixar o aplicativo diretamente do aparelho celular disponível nas lojas virtuais 19/06/2013 às 11:40
Show 1
Aproximadamente 16 mil downloads já foram realizados desde o último sábado (15), quando o software foi disponibilizado na loja do Google Play
acritica.com Manaus, AM

Um aplicativo criado para auxiliar a população com as informações e ocorrências do programa de segurança pública Ronda no Bairro, do Governo do Amazonas, o ‘Disk Ronda’ foi lançado em coletiva na manhã desta quarta-feira (19). Aproximadamente 16 mil downloads já foram realizados desde o último sábado (15), quando o software foi disponibilizado na loja do Google Play.

Os usuários dos sistemas Android e iOS podem baixar o aplicativo diretamente do aparelho celular disponível nas lojas virtuais. A população também pode ter acesso aos conteúdos do programa, por meio de smartphones, tablets, notebooks, netbooks, entre outros aparelhos no modo off-line.  A antecipação no registro das ocorrências é o ponto alto do modelo, além de informar o número das viaturas policiais das Companhias Interativas Comunitárias (Cicom’s) mais próximas do ponto de localização disponibilizado pela mídia pela qual é acessado o aplicativo e a localização dos Distritos Integrados de Polícia (DIP’s).

O software foi desenvolvido pela empresa de Processamento de Dados do Amazonas S/A (Prodam). No caso da viatura policial acionada por meio do aplicativo estar em outro atendimento, a ligação do usuário será redirecionada ao telefone do 190, onde poderá registrar a ocorrência.

Polícia descobre sequestro relâmpago

Na tarde de terça-feira (18), policiais militares da 24ª Cicom foram acionados por meio do aplicativo instalado no Iphone de uma mulher que estava presa dentro do porta-malas do seu carro no Centro de Manaus. A vítima foi feita refém em um sequestro relâmpago e salva após a viatura encontrar o veículo. 

#Confira mais informações na edição do Jornal A Crítica desta quinta-feira (20)

Publicidade
Publicidade