Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020
PANDEMIA

Após 100 dias de Covid-19 no AM, Envira é o único município sem casos confirmados

Município com pouco mais de 20 mil habitantes adotou medidas como barreiras sanitárias e implantação de anexo com 60 leitos para tratamento da Covid-19 no hospital da cidade



031ba1137e908652e6d3145e6ea1a243_F5BC2B99-7FA4-490F-94D8-BA58C6AADCF8.jpg Foto: Divulgação/Prefeitura de Envira
24/06/2020 às 17:43

Enquanto a pandemia do novo coronavírus continua avançando no Amazonas, o município de Envira (distante 1.207 quilômetros de Manaus), com pouco mais de 20 mil habitante, se mantém livre da Covid-19. Desde o último sábado (20), Envira se mantém como o único município do estado sem nenhum reistro oficial da doença causada pelo coronavírus.

Até então, Envira e Ipixuna não tinham registrado casos da Covid-19, mas a Prefeitura de Ipixuna confirmou os primeiros três casos da doença no último sábado. No domigo (21), a pandemia chegou à marca de 100 dias desde o primeiro caso confirmado no estado, no dia 13 de março.



Resistindo até então, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, o município de Envira tem, hoje, 19 casos suspeitos do novo coronavírus. Para o prefeito da cidade, Ivon Rates, o vírus se aproxima cada vez mais de Envira.

"Se você olhar geograficamente, nós estamos no meio de um fogo cruzado. Nossos vizinhos, Eirunepé [AM] e Feijó [AC] estão com altos números e o fluxo de pessoas entre esse municípios é muito grande", analisa.

Ele atribui, no entanto, o sucesso do município em conter a pandemia à proteção divina e às ações eficazes adotadas pelo Executivo municipal.

"É o conjunto do trabalho de toda uma equipe que agiu com proficiência e, com a cooperação da população, colocou em prática uma série de ações que estão conseguindo trazer segurança para a população", afirma.

Entre as ações, o prefeito destaca a adoção de barreiras sanitárias no porto e no aeroporto do município. "É uma ação de controle, onde todas as pessoas que vêm de fora ficam em quarentena e, se apresentarem sintomas, são diretamente encaminhadas ao serviço de saúde", pontua, acrescentando que as barreiras sanitarias não intervém no direito de ir e vir.

Outra medida destacada pelo prefeito foi a implantação de um anexo com 60 leitos no hospital do município. "Com isso, nós isolamos os casos suspeitos e começamos o tratamento antes mesmo do resultado da testagem. Isso porque, como usamos o teste rápido, só temos resultado após o oitavo dia de sintomas e esse é um tempo que não podemos esperar se a pessoa estiver doente", destaca.

Sem casos confirmados em Envira, Rates teme que a adesão da população às medidas preventivas diminua. "O risco agora é de que se crie uma ilusão de que o vírus não vai chegar e a população comece a relaxar, por isso, a consciência é tão importante nesse momento". 

O prefeito ressalta a importância da participação popular para o enfrentamento à pandemia. "Nossa ação se dá com muito diálogo e transparência. Nossa mensagem desde o início é que todos colaborarem a gente consegue sair dessa".


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.