Publicidade
Cotidiano
Notícias

Após 90 anos de afastamento político e econômico, um presidente dos EUA visitará Cuba

Barack Obama, que está em seu último ano de mandato, anunciou no Twitter que viajará ao país caribenho no mês que vem; objetivo é aproximar ainda mais as relações entre as duas nações 18/02/2016 às 19:02
Show 1
Presidente dos EUA, Barack Obama, e presidente de Cuba, Raúl Castro, durante encontro na ONU. 29/09/2015
Roberta Rampton e Nelson Acosta* Washington/Havana

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou nesta quinta-feira (18) que fará uma visita histórica a Cuba no mês que vem, a primeira de um presidente dos EUA à ilha em quase 90 anos e um marco da aproximação entre os dois ex-rivais da Guerra Fria.

Obama, que está em seu último ano de mandato, se reunirá com o presidente cubano, Raúl Castro, com empresários e com "cubanos de diferentes caminhos de vida", durante a visita entre 21 e 22 de março, informou a Casa Branca. A primeira-dama, Michelle Obama, o acompanhará na viagem.

"No mês que vem eu viajarei a Cuba para avançar em nosso progresso e em nossos esforços que podem melhorar a vida do povo cubano", escreveu Obama em sua conta no Twitter.

Após décadas de animosidades, as duas nações fizeram um surpreendente anúncio em dezembro de 2014 de que atuariam para reatar laços, uma conquista diplomática que é um dos pontos altos do legado de Obama.

Obama disse que embora os EUA ainda tenham preocupações em relação aos direitos humanos em Cuba, já foram feitos progressos significativos na renovação das relações.

"Ainda temos diferenças com o governo cubano, as quais levantarei diretamente. A América sempre estará do lado dos direitos humanos ao redor do mundo", disse Obama.

*Reportagem adicional de Susan Heavey e Megan Cassella

Publicidade
Publicidade